segunda-feira, dezembro 24, 2012


Natal

Eu sempre gostei de enviar cartões de Natal. Enviar pelo correio mesmo, à moda antiga, escrito à mão. Acho pessoal, delicado, gentil, educado...enfim, acho uma delícia escrever cada cartãozinho que mando.

Quando o André nasceu, começamos a fazer o nosso cartãozinho em casa, com foto dele....depois incluimos a Mariana e achamos que seria bacana incluir uma foto dos papais tb, já que seria um registro delicioso da passagem do tempo.

Hoje estava aqui mexendo nos cartões de Natal e achei uma delícia acompanhar o crescimento dos dois nos cartõezinhos e espero continuar fazendo todos os anos, até chegar aquele momento em que as crianças vão achar um mico gigantesco....hahahaha. Será??? rs!

Aproveito para desejar um super natal e um ano novo cheio de surpresas maravilhosas!!!

2008 - Dedé com 5 meses

2009 - Dedé com 1 ano e 5 meses - ano em que o Flamengo (time do marido) foi campeão brasileiro após 17 anos....hehehe

2010 - Dedé com 2 anos e 5 meses e Nana com 8 meses

2011 - Dedé com 3 anos e 5 meses e Nana com 1 ano e 8 meses

2012 - Dedé com 4 anos e 5 meses e Nana com 2 anos e 8 meses
* Sim, deveria ter colocado a camiseta do timão em todos (meu time), mas nem precisa, né??? todo mundo sabe que o mundo é nosso!!! hehehe






5

segunda-feira, dezembro 03, 2012


Apresentação da escola - Dedé

O André é tímido e nunca gostou de participar de nenhuma apresentação da escola. Ele sempre sai correndo pro meu colo e chora, dizendo que não quer participar. Eu, obviamente, nunca forcei e sempre disse que ele não precisava dançar nada....

Por esse motivo, quando chegaram informações sobre a festa de final de ano da escola, eu nem falei nada com ele....deixei rolar. Nós não iriamos participar da festa e então não dei muita atenção pro assunto. 

Só que na semana passada, um belo dia, chego pra buscá-lo na escola e ele vem todo sorridente carregando a fantasia (a camiseta que os alunos usariam na festa, durante a apresentação). Aí tive que conversar com ele e perguntar se ele gostaria de participar, se queria dançar com os amigos, se estava animado.

A conversa foi simples: se vc não quiser dançar, não tem nenhum problema (odeeeeeeeeeio mães que dizem que vão ficar tristes se os pequenos não participarem, odeio!!!), mas se quiser, nós vamos e vc dança. Ele disse que gostaria de ir, que ele seria a água e que já tinha ensaiado bastante.


Nós fomos, e confesso que até o último minuto achei que ele desistiria de subir no palco, mas nada...ele dançou todo lindo e ficou o tempo inteirinho olhando pra mamãe e pro papai pra ver se estavamos de olho nele.


Preciso dizer que eu me acabei de chorar??? Quase morri de emoção.


(já com a roupinha de água)

(se preparando junto com os amigos)

(dançando todo lindo)

(os agradecimentos!!!!)
O único sem chapéu pq estava incomodando!!! :-)




(um pequeno vídeo, que mostra o tchauzinho pra mamãe....rs!)

Filhão, eu fiquei muito, mas muito orgulhosa de vc. Pode ter certeza que vc nunca vai ter uma fã mais apaixonada e babona do que a mamãe. Te amo!!!!

P.S.: à noite, na brincadeira do mais legal do dia (post anterior) ele disse que o mais legal foi dançar na apresentação, e finalizou dizendo: "estou muito orgulhoso de mim porque eu não tive vergonha".
Morri, ploft!


9