quarta-feira, fevereiro 29, 2012


Mamãe e Dedé

Ontem à noite André quis brincar de Mamãe e Dedé, mas invertendo os papéis - eu virei o Dedé e ele virou a mamãe, na hora de dormir.
Sabe a hora de dormir, aquele momento tranquilo em que a criança deita, diz boa noite e dorme tranquilamente até o dia seguinte??? hahaha. Aqui é beeeeem diferente disso, e eu aproveitei pra fazer tooooodas as coisas chataaaas que ele faz na hora de dormir, pra ver o que ele, como mãe, me responderia.

E eu fiquei surpresa com o tanto que ele presta atenção nas coisas que eu falo. Ele continua repetindo o mesmo comportamento todas as noites, mas que ele ouve, ouve.

Foi mais ou menos assim:

Eu (no papel de Dedé): - Eu não quero dormir agora, quero ir pra sala.
Ele (no papel de mamãe): - Filho, você ja brincou bastante, agora tem que descansar.
Eu: Mas eu não querooooooo, quero brincar mais
Ele: amanhã você vai acordar e pode brincar bastante
Eu levantei e sentei na cama
Ele: Se você levantar eu vou ficar bravo
Eu: pode ficar, eu não quero nunca mais ser seu amigo
Ele: tudo bem, filho, eu te amo mesmo assim (aaaaaaaaah, morri com essa resposta dele, igualzinha a minha)
Eu: Então conta a história do João de Barro
Ele: Eu não sei contar essa, essa quem conta é o papai...eu vou contar a do papai noel (fofooo, eu falo isso sempre porque essa história do joão de barro foi o papai que inventou e quando eu conto, ele reclama que eu não conto direito, então desisti!!! rs!)
Fim da história e eu quero continuar falando pra não ter que dormir.
Eu: mãe, amanhã é dia do brinquedo na escola?
Ele: filho, você está querendo bater papo pra me enrolar?
Eu: tá bom, vou dormir
Ele: boa noite, te amo!
Eu levantei e dei uns 10 beijos na bochecha dele, como ele faz comigo todas as noites e o que ele respondeu:

"- Obaaaaa, eu adoro beijo do Dedé!!! te amo, Dezão"

Vê se eu aguento o tanto que ele repetiu direitinho TUDO que eu falo pra ele???
É muito fofo esse meu gato! Num guento!
15

sexta-feira, fevereiro 17, 2012


Carnaval




Aqui em casa tem uma borboletinha linda e um Homem de Ferro muito forte desejando um ótimo carnaval pra todo mundo!

beijos, beijos




7

sexta-feira, fevereiro 10, 2012


A neném


Imaginem o que acontece quando vc tem primeiro um menino e depois uma menina? Acontece que a Nana ganhou toda sorte de bonecas que existem no mundo. Ganhou boneca de pano, boneca de plástico, boneca que fala, boneca pequena, boneca grande....e NUNCA deu bola pra nenhuma delas. Gostava mesmo é dos carrinhos e heróis do André.

Só que no ano passado, quando estivemos na casa da sogrinha, no Rio, ela ganhou uma boneca do tipo bebezinho que foi da minha cunhada quando era criança (hoje ela tem 23 anos!!). Era a boneca preferida dela e estava guardada até ela decidir dar pra Nana. A boneca estava sem roupa, mas inteirinha e a Nana APAIXONOU pela boneca.

A boneca virou a "NENÉM, nome dado pela própria mãe (a Nana), e virou companheira inseparável. Ela SÓ dorme (eu disse SÓ) mexendo no tufinho de cabelo da Neném, cuida da Neném, bota pra dormir, dá banho, mas comida quem dá sou eu...quando dou comida pra Nana, tenho que alimentá-la também.

Ela leva a Neném pra escola todos os dias, porque sem a Neném ela não cochila e Neném está no colo dela 24h por dia. Se subiu a escada e a Neném ficou no andar de baixo, temos que voltar pra pegar, enfim....paixão mesmo.

Só que a Neném já era uma boneca velhinha, lembram? e como todo esse agarro, essa paixão, a perninha dela começou a descosturar e eu já em pânico pensando o que seria de mim sem a Neném. Certo dia eu esqueci a Neném na escola e ela só chorava...acabou dormindo de exaustão, tadinha.

Fui pra internet e analisei minuciosamente cada uma das bonecas existentes no mercado pra ver qual mais se aproximava da Neném....e comprei.

E o medo, gente? Ela não deixava nem eu trocar a roupa da Neném por uma nova...só queria andar com a mesma roupa sujinha de sempre.

Bom, esperei a Nana dormir, peguei cuidadosamente a Neném que estava ao lado dela, tirei a roupinha, coloquei a roupinha na Neném nova e botei lá pertinho dela de volta. Mas a minha baixinha é esperta, né? Assim que acordou olhou pra Neném e começou a analisar. Primeira coisa que falou foi: "binco novo?", já que o brinco da Neném nova é diferente do brinco da Neném antiga.

Depois falou da boca, do cabelo, de tudo....eu disse que tinha dado um banho na Neném e trocado o brinco...ela se convenceu e mandei a Neném pra escola normalmente.

Mas como não basta ser mãe, tem que ser louca, mandei o seguinte recado na agenda: "Eu troquei a Neném por uma nova, mas por favor não digam a ela que a boneca é nova". Normal, eu?

Dois dias se passaram depois da troca e agora ela já se acostumou com a nova Neném e não liga mais!!! Fofa!!!

Gabi, querida: ela amou a bonequinha que vc deu e ela não estragou a boneca, a boneca rasgou de tanto uso, foi de amor mesmo. Obrigada, viu querida?? Foi a única de todas que ela gostou!!!!

Uma foto da Neném antiga para posteridade. A Neném nova está na escola e não pode aparecer agora...rs!


17

quarta-feira, fevereiro 08, 2012


Blogagem coletiva




Ói eu aqui na blogagem coletiva!!!! Tenho que contar como foi que nasceu meu blog e eu nem mesma sei...

Eu comecei a acompanhar um blog em 2001 e era da amiga de uma grande amiga. Viciei, lia todo dia e acompanhava aquilo tudo como se eu conhecesse a pessoa. Eu ria, chorava, torcia e, especialmente, admirava a coragem de expor coisas tão íntimas. Em 2007 eu encontrei outros blogs através desse que eu já lia e comecei a acompanhar...até então nada de blogs maternos, mas blogs que até hoje são muito queridos, como o da Elise (que virou amigona de verdade e da vida real), da Renata (que escreve bem como poucas) e vários outros deliciosos. Posso dizer até que tinhamos uma turminha de pouquíssimos blogs e como eu só lia e comentava, foi dando vontade de escrever tb...e comecei.

Uns três ou quatro posts depois do meu início, eu descobri que estava grávida e então passei a procurar por blogs maternos e aí meu blog começou a ser absolutamente monotemático. Encontrei no mundo dos blogs pessoas que pensavam como eu, que criavam os filhos como eu pretendia criar, achei identificaçào e achei apoio pra várias coisas que eu estava passando e sentindo e finalmente podia desabafar.

O meu blog virou então o meu desabafo....o lugar que eu tinha pra falar sobre tudo sem ser julgada. E posso dizer que em todos esses anos de blog, eu recebi uns dois comentários chatos só....o resto foram só coisas boas e palavras de incentivo.

Eu quero sim, que meus filhos o leiam quando cresceram, que saibam por tudo que já passamos juntos. E é por isso que eu quero arrumar um tempinho pra vir aqui com mais frequência....porque só quem é blogueira e quem faz parte dessa blogosfera deliciosa sabe a falta que isso faz. Vicia, gente!!! :-))
13

terça-feira, fevereiro 07, 2012


Dear 16 year old Me

Acabei de ver esse vídeo e me deu vontade de compartilhar.
Eu não gosto de sol. Sou branquela, não pego cor....fico no máximo com cor de tomate e então não vejo sentido em ficar no sol. Adoro praia, mas embaixo do guarda sol e AMO mar, única ocasião em que me exponho, mas aí não tenho opção.
Vou ser uma daquelas velhinhas que usa sombrinha....rs! Adoro!
Mais de uma vez já ouvi piadas e comentários sobre a minha "brancura" e eu não ligo a mínima, digo que sou nobre e nobre não se expõe ao sol, nobre não fica bronzeado....rsrsrs. Piadas à parte, não maltrato a minha pele...tenho medo de queimaduras (já tive muuuuitas quando era criança e sofria ardendo sem poder me mexer) e protejo muito a pele dos meus pequenos.

O vídeo só relembra a importância desse cuidado. Percam uns minutinhos assistindo, vale a pena:

9