sexta-feira, junho 15, 2012


Será que é pedir muito??

** Esse post está concorrendo como "melhor post do mundo", concurso realizado pela Limetree e Minha mãe que disse.



Eu quero que o meu filhote seja um cara bacana. 
Quero que ele seja um cara que educado, gentil e respeitoso, especialmente com os mais velhos - não por hierarquia, mas por entender que com experiência vem sabedoria.
Quero que dê valor pra família e que sempre se sinta amparado e acolhido. E que ao ver o carinho entre mim e seu pai, possa reproduzir com sua própria família.
Quero que ele saiba tratar as mulheres com respeito e consideração. Que procure não magoar, mas que se for magoado, não deixe de acreditar no amor.
Quero que ele seja sensível e que não tenha vergonha de expor seus sentimentos.
Quero que ame os animais e que saiba tratá-los com carinho.
Quero que seja inteligente e que saiba tirar proveito de todas as oportunidades que tiver na vida. 
Quero que saiba escolher uma boa profissão, que respeite suas aptidões pessoais e ambições.
Quero que saiba lidar com o dinheiro, que o enxergue como meio e não como fim. Que  enxergue as diferenças sociais e encontre a sua própria maneira de fazer a sua parte.
Quero que tenha boa autoestima, que se olhe no espelho e fique feliz com o que vê e que olhe pra dentro e fique mais feliz ainda com o que é.
Quero que tenha humildade para não se achar melhor do que os outros, mas que saiba que é o melhor que pode ser.
Quero que seja paciente pra lidar com os obstáculos e persistente a ponto de superá-los.
Quero que tenha bom humor porque assim a vida é muito mais fácil.
Quero que tenha sonhos, planos e projetos e que saiba ir atrás deles.
Quero que tenha muitos amigos para que aprenda o quanto são importantes na nossa vida.
Quero que cuide da mente, do corpo e do 'espírito' na mesma proporção e de nenhum deles ao extremo.
Quero que tenha saúde sempre!

Hoje em dia eu tenho certeza de que quero muito mais por ele do que por mim e que vou fazer a minha parte pra tentar ensinar pelo menos algumas dessas coisinhas aí de cima.
E o que eu mais quero mesmo, é que ele saiba que todas as vezes que ele tiver medo ou que precisar de mim, eu vou fazer a mesma coisa que eu fiz agora pouco quando ele ficou com medo do trovão - vou pegar na mãozinha e dizer: "tá tudo bem, filho...a mamãe tá aqui! E eu vou ficar aqui o tempo que você precisar"
3

3 comentários:

Andréa disse...

Que coisa mais linda Rê,que benção conhecer uma pessoa como você.
Fiquei emocionada.
Beijos.

Tchella disse...

re, e é pedir mto pedir p vc passar lá no meu bloguinho ler o melhor post do mundo q NAO vai concorrer ao Limitree? te espero, hein! hehehe citei vc lá e vai ao ar nessa segunda ta? bjo

lolo disse...

Eu sempre achei esse o melhor post do mundo!