quarta-feira, fevereiro 08, 2012


Blogagem coletiva




Ói eu aqui na blogagem coletiva!!!! Tenho que contar como foi que nasceu meu blog e eu nem mesma sei...

Eu comecei a acompanhar um blog em 2001 e era da amiga de uma grande amiga. Viciei, lia todo dia e acompanhava aquilo tudo como se eu conhecesse a pessoa. Eu ria, chorava, torcia e, especialmente, admirava a coragem de expor coisas tão íntimas. Em 2007 eu encontrei outros blogs através desse que eu já lia e comecei a acompanhar...até então nada de blogs maternos, mas blogs que até hoje são muito queridos, como o da Elise (que virou amigona de verdade e da vida real), da Renata (que escreve bem como poucas) e vários outros deliciosos. Posso dizer até que tinhamos uma turminha de pouquíssimos blogs e como eu só lia e comentava, foi dando vontade de escrever tb...e comecei.

Uns três ou quatro posts depois do meu início, eu descobri que estava grávida e então passei a procurar por blogs maternos e aí meu blog começou a ser absolutamente monotemático. Encontrei no mundo dos blogs pessoas que pensavam como eu, que criavam os filhos como eu pretendia criar, achei identificaçào e achei apoio pra várias coisas que eu estava passando e sentindo e finalmente podia desabafar.

O meu blog virou então o meu desabafo....o lugar que eu tinha pra falar sobre tudo sem ser julgada. E posso dizer que em todos esses anos de blog, eu recebi uns dois comentários chatos só....o resto foram só coisas boas e palavras de incentivo.

Eu quero sim, que meus filhos o leiam quando cresceram, que saibam por tudo que já passamos juntos. E é por isso que eu quero arrumar um tempinho pra vir aqui com mais frequência....porque só quem é blogueira e quem faz parte dessa blogosfera deliciosa sabe a falta que isso faz. Vicia, gente!!! :-))
13

13 comentários:

Elise Machado disse...

Rê, com a vida corrida como é, quase não leio mais blogs (e como eu lia antes!); o seu é um dos poucos que ainda leio.
Quase nunca comento, mas adoro!
Se tem uma coisa boa que o meu blog me trouxe foram amigas como você - quando eu crescer quero ser uma mãe igualzinha a você!
Beijas, amore!

Ana Claudia disse...

Que legal Renata...o seu blog foi um dos primeiros que comecei a ler...gosto muito!!

Bj

Fe Piovezani disse...

eu também quero que Luísa se interesse pela história dele contada pela mãe cabeçuda que ela tem...Sabe que postei meu relato de parto do blog ontem, né Crente que era o dia!!! hahahaa....enfim!! e te sigo desde que te achei no blogroll da Roberta.. faz teeempo!!! hahaha beijos

Fe Piovezani disse...

eu também quero que Luísa se interesse pela história dele contada pela mãe cabeçuda que ela tem...Sabe que postei meu relato de parto do blog ontem, né Crente que era o dia!!! hahahaa....enfim!! e te sigo desde que te achei no blogroll da Roberta.. faz teeempo!!! hahaha beijos

Patricia disse...

Rê! Sabe que soube de seu blog por uma "comadre" que disse: - Sabe a Lilata? Vai ter uma Mariana, como você já tem a sua!
Aí vim aqui, e te conheci. Depois André virou amigo secreto da Mari e agora te sinto amiga íntima virtual!
beijos!

Mamãe pela 2ª vez disse...

Adoro blogs de mamães, mas confesso que as vezes só leio e não comento são muitos, quando o assunto me chama muito atenção comento ou aquele dia que tiro só para comentar ai tento passar em todos.
bjus

Mari Hart disse...

Bem lembrado Re! Nossos filhos crescerem e terem a oportunidade de ler tudinho! Acho que essa é uma das melhores "partes", rs!

Beijos lindoca!

Sarah disse...

Que legal vc estar na blogagem Re! Adoro seu blog, seu jeito simples e doce de escrever. Adoro acompanhar as fofurices do Dedé e da Nana... e também adoro gatos! hehe!
Também fiz meu post pra blogagem, se der passa lá!
bjao

Roberta Lippi disse...

ô se vicia!!! E as tia tudo vicia nos sobrinhos das amigas e nunca mais conseguem se livrar dessa delícia!!! Beijos querida!!!

Paloma, a mãe disse...

Re, adorei! Eu também penso no blog como um registro para que as meninas acessem, um pouco da história delas.
Beijos

Júnia disse...

Rê, e como vicia! Não tenho tido mais tempo e estou sentindo uam falta horrorosa!!!!!!!!!!!! dependência mesmo. bjão

(Mamãe) ~Pinel disse...

Cooomo faz falta!
O segundo semestre do ano passado deixei bastante a desejar, por falta de ânimo e de tempo! Mas agora voltei com tudo!
Sabe como é vício né... se a gente recai, recai com força! hehehe

Confesso que antes eu tinha tanta preguiça de blogs... até eu conhecer esse universo materno! =D Delícia!
Volta mesmo, viu?!

Patrícia Boudakian disse...

Eu também penso assim, Rê, um grande registro para Alice (e o segundinho que um dia virá hehehe). Eles vão se divertir lendo tudo, podendo saber como eu pensava e tentar cuidar deles... (olha eu já escrevendo no plural e nem grávida (nem tentando!!!) estou! hehehe

O Lilata foi um dos primeiros blogs que conheci. E sempre adorei. Te admiro muito. Obrigada pela ajuda sempre que precisei.

Beijos enormes