segunda-feira, fevereiro 28, 2011


Ele, o pai!!!

Na hora que chego em casa, não importa se sou o cara mais importante do mundo ou apenas o motoboy da empresa. Não dá nem tempo de tirar o capacete que o molequinho já vem correndo abrir a porta pra mim com o sorriso mais lindo do mundo e com a mesma pergunta de sempre: “papai, você tava trabalhando de moto?” Meu filho tem certeza que eu sou motoboy e eu sou o máximo pra ele. Ser pai é se sentir o cara mais forte e inteligente do mundo!!
A nossa Naninha nem sabe falar ainda mas já sabe muito bem mandar em todos na casa, principalmente em mim. Com um sorriso de nariz franzido e olhinhos quase fechados ela consegue me fazer esquecer um dia estressante de trabalho ou uma noite mal dormida em segundos. Ser pai é se sentir o cara mais bonito e importante do mundo!!

O pai nunca será o numero 1, mas aprendi que é um segundo lugar muito honroso, principalmente pra mim, que tive a sorte de me casar com a melhor mamãe do mundo. Sem ela eu nunca conseguiria realizar esse sonho que é ser pai de uma família maravilhosa como a nossa. Ser pai também é se sentir o cara mais sortudo e apaixonado do mundo!!

Obrigado a vocês três que, juntos, fazem eu me sentir, todos os dias, o cara mais feliz do mundo!!!

Dani, maridão e paizão

30

sexta-feira, fevereiro 25, 2011


Mania

Gente, a Nana está com uma mania tão fofa e tão limpinha que vcs nem imaginam. É só eu colocar uma colherada de comida na boca dela pra ela enfiar a mão na boca, tirar um pouquinho de comida e espalhar pelo rosto. Fofa, não??
Isso quando ela não espalha pela roupa, pernas, brinquedos...tudo que ela alcançar. Tão gostoso limpar tudo depois...rsrsrs!

Vejam quanta fofura!!


video
9

quarta-feira, fevereiro 23, 2011


Dica de leitura - para mamães e papais

Quando eu estava grávida do André, eu ganhei esse livro de presente de uma super amiga. Desde então, acho que já dei de presente para umas 10 pessoas.
Eu gostei muuuuito e acho que a leitura vale super a pena para todos os pais e mães, como nós (cof, cof!) que tem o maior empenho na educação e formação dos nossos pequenos.

O nome do livro é "a auto-estima do seu filho"*, da autora Dorothy Briggs.


É incrível o tanto que a autoestima interfere na vida de uma pessoa, tanto nos relacionamentos sociais, quanto profissionais e amorosos. E é interessante ainda para fazer uma reflexão sobre a educação que recebemos e o quanto influenciou na pessoa que nos tornamos.

É bom demais! Vale super a compra!!

* no título do livro coloquei um link para a Saraiva só para mostrar qual é o livro, mas não fiz qualquer pesquisa de preço, ok?
13

terça-feira, fevereiro 22, 2011


As amigas

Ontem teve almoço das amigas! Amigas virtuais, que decidiram se encontrar de verdade e falar horrores do nosso assunto favorito: os filhos.

E olha que assunto não faltou, pareciamos velhas conhecidas - e na verdade somos mesmo, né não?

Na verdade meeeeesmo, a combinação toda começou no twitter e eu nem twitteira sou, mas entrei de bico no almoço e AMEI! Já estou doida para marcamos novamente.

As amigas aí: Eu, Anne, Carol, Camila, Roberta, Fe, Natalia e Flavia

Quando vai ser o próximo???
11

sexta-feira, fevereiro 18, 2011


Blogagem coletiva

A grande maioria da blogosfera materna já está sabendo, mas decidi divulgar por aqui também. Hoje o Rodrigo, papai do Rafa e do Léo, marido da Carol fez um post lindo e emocionante sobre a sua experiência de pai.

E a mulherada toda se empolgou e decidimos colocar os papais pra blogar! Então o tema da próxima blogagem coletiva é esse: NÓS, OS PAIS!!!

Os textos devem ser escritos por eles (óbvio, rs!) e postados no dia 28/02.

A (outra) Carol escreveu um texto tão inspirador sobre os papais, que eu jamais poderia escrever melhor, então fiquei aqui pensando, dentre as milhões de qualidades do papai dos meus filhos, qual seria a minha favorita. E nem é uma qualidade, mas uma coisa que ele sempre diz quando estamos em algum impasse. Ele olha pra mim e pergunta: "o que diz a sua intuição?"

Lindo demais ele, não só aceitar e entender, mas confiar na minha intuição materna acima de qualquer outro argumento.

Maridão, capriche no texto, heim??? rs!
4

quinta-feira, fevereiro 17, 2011


O que é?

Concomitantemente com a fase do "por que?", temos aqui em casa a fase do "o que é?". Ao mesmo tempoooooooo, de modo que passo o meu dia respondendo perguntas.

A nova moda é perguntar o significado dos verbos, alguns bem simples, mas difíceis de explicar (eu, pelo menos, acho difícil explicar o que é "chegar"...rsrsrs!).

Hoje indo pra escola, ele começou a perguntar vários: "o que é dirigir?", "o que é andar?", "o que é pular?", "o que é escrever?"....e assim por todo o caminho. Até que eu decidi perguntar:

- Filho, por que você está me perguntando um monte de coisas que você já sabe o que é???

- Pra ver se você sabe também, mamãe!!!

É mole???

E eu toda esforçada tentando explicar....rsrsrsrs!


* Amiiiiiiiiiiiiigas, eu to lendo tudo, tudo, tudo, mas to relapsa nos comentários. Dessa vez nem é falta de tempo, mas é a tendinite que não me deixa digitar muito. So sorry!
8

quarta-feira, fevereiro 16, 2011


dois filhos...

Para aquelas que ainda não se animaram a encarar o segundinho, aqui vai um incentivo...



Tem coisa mais linda do que o carinho entre dois irmãos??? Quase derreti com esse beijinho de boa noite, que foi acompanhado por um "Boa noite, Naninha!!".

E se ainda não se animou, vale dar uma lida nesse post fantástico da Mari: AQUI!!!
20

segunda-feira, fevereiro 14, 2011


Doação

Semana passada fui comprar cuequinhas pro André (porque já não estava mais dando conta de lavar as poucas que ele tinha - e tb não aguento mais limpar chão de tanto xixi que escapa...rsrsrs) e me dei conta de que eu não tenho a menor idéia do preço das roupas infantis.

De vez em quando até compro um presentinho, mas para os meus filhos acho que posso contar nos dedos quantas peças já comprei. Considerando ainda que eu não sou NADA consumista, não compro mesmo.

Eu tive a sorte de ser a irmã mais nova dentre 4 irmãos e todos eles tiveram filhos antes de que eu, de modo que meus filhos herdam todas as roupas dos meus sobrinhos, assim como brinquedos, bicicleta, tênis, sungas, bonés, enfim...tudo! Tive a sorte ainda de ter sobrinhos meninos, que enviam as coisas pro André e uma menina, que envia pra Nana, uma maravilha!!

Essa minha sobrinha que manda as roupinhas pra Nana tem agora 3 anos e ela fica muito feliz quando eu digo que a Nana está vestindo uma roupa que era dela, ela adora, os olhinhos dela até brilham.

Além dos meus sobrinhos, tenho ainda uma amiga que tb tem um casal de filhos: o menino pouco mais velho que o André (e manda roupas pra ele) e a menina pouco mais nova que a Nana (e recebe as nossas roupinhas).

Com isso, o André adora saber quem foi que deu a roupa pra ele. Cada vez que eu pego um tênis novo (que ele nunca usou) ele logo pergunta se era do Felipe ou do Lucas. E adora!

Como ele curte saber quem deu, achei uma ótima oportunidade pra ensiná-lo a doar as coisas dele que não servem mais, dentre roupas, sapatos e brinquedos. Limpei o armário dele e disse: "o Felipe e o Lucas não te mandam as roupas que não servem mais? Então, agora é sua vez, de mandar para outra criança as roupas que não servem mais pra você."

Claro que já fiz isso milhões de vezes, mas essa foi a primeira vez que ele participou do "processo" e adorou, ficou todo feliz querendo saber quem iria usar as roupas dele.

Com os brinquedos a coisa foi um pouco mais complicada, já que ele todos os brinquedos que eu separava, ele dizia que ia começar a brincar (rsrsrs!), mas aos poucos foi acostumando com a idéia de dar os brinquedos "para as crianças que não têm brinquedo" e foi me ajudando a separar. Quando viu a caixa cheia queria ir na mesma hora levar para "as crianças que não têm brinquedo" porque elas ficariam muito felizes.

Mais uma das coisas tão simples e corriqueiras do meu dia-a-dia que a presença do André tornou muito especial. É de pequeno que se aprende que ninguém precisa de tanta coisa e que é bom demais fazer outras pessoas felizes, não é mesmo???
21

sexta-feira, fevereiro 11, 2011


Alice chegou....

Gente, como a Dani estava muito sumida, fui dar uma olhadinha no facebook e descobri que a Nina já tem uma irmãzinha.

Alice, seja muito benvinda! Se vc tiver a alegria e simpatia da sua mãe e também o charme e a fofura da sua irmã já é certeza que será uma menina muito especial. Agora se tiver também a altura do seu pai, vai ser top model, sem dúvida! rsrsrs!

Muita saúde para mamãe e princesa. Espero que a Nina curta muito essa nova "boneca" que ela ganhou de presente.

Estou doidinha pra ver o seu rostinho!!!

beijos,

Re, Dedé e Nana
9

terça-feira, fevereiro 08, 2011


Luz

Eu acabei de queimar a lâmpada do banheiro de tantas vezes que acendi e apaguei na tentativa de ensinar a Nana a olhar pra luz cada vez que eu falasse "luz".

Quanta maturidade tem essa pessoa, me diz???

E o pior, queimei a lâmpada e ela não aprendeu...rsrsrsrs!
9

domingo, fevereiro 06, 2011


Dezão e o pé de feijão

João e o pé de feijão é a história que o André mais gosta. Já teve noite que o papai contou umas 4 vezes seguidas e cada vez que a história acabava, o André dizia "de nooooooooovo". rs!

E então tivemos a idéia de plantar um feijão com ele no algodão para ele acompanhar o crescimento e ver se ele se lembraria de cuidar da plantinha todos os dias.

Pegamos dois feijões pretos e dois marrons e plantamos em copinhos plásticos com algodão. (a parte da competição velada entre papai (preto) e mamãe (marrom) pra ver qual feijão cresceria mais e ficaria mais bonito, o André não precisa saber! rs!)

No dia 21 de janeiro os feijões foram plantados:



No dia 26 de janeiro o feijão preto já havia tomado a dianteira e marido me olhou com um sorrisinho sarcástico:


No dia 31 de janeiro o feijão marrom mostrou a que veio e ultrapassou o preto:


E hoje, dia 06 de fevereiro, o marrom provou que é o campeão (eeeeeeeeeee!!!!rs!):


Brincadeiras à parte, foi uma delícia plantar os feijões com o André. Todos os dias pela manhã iamos juntos ver se ele tinha crescido, o André regava e então aproveitavamos pra explicar que o feijão só estava crescendo bonito porque ele estava cuidando direitinho. E ele curtiu muito acompanhar todo o processo.

Até que hoje, quando o viu o feijão (marrom....hohoho) bem grande, ele disse:

- O meu feijão já está ficando tão grande que daqui a pouco vou chegar lá no gigante!!!

15

quarta-feira, fevereiro 02, 2011


Tio Pedro

Eu "expliquei" pro André que quando chove muito é porque São Pedro está lavando o céu. A minha mãe e minha avó me contavam essa historinha quando eu era pequena e eu acho fofa. Diziam que o barulhão do trovão acontecia quando ele arrastava os móveis pra poder lavar direitinho o chão. Outro dia, quando o barulho foi muito, muito alto eu disse que ele estava empurrando um armário cheio de pratos e copos e que todos deviam ter quebrado e caído no chão. Ele adorou e morreu de rir.

Então que outro dia, à noite, eu tinha acabado de colocar a Nana pra dormir e começou um barulhão de trovão e o André disse:

- Mãe, fala pro "Tio Pêdo" parar de fazer barulho porque a Nana está dormindo.
- É São Pedro, filho....e fala você, fala pra ele parar com o barulho!

Ele fez uma cara super séria, apontou o dedo pro teto, ou melhor, pro céu (rs!) e disse:

- Tio Pêdo, agora é hora de dormir, não é hora de brincar com água!!! rsrsrs


(Na verdade, acho que nem era o barulho que estava incomodando, acho que ele só estava achando muito injusto o Tio Pedro poder brincar com água e ele ter que ficar quietinho pra dormir....rsrsrsr!)
18

terça-feira, fevereiro 01, 2011


Mulheres....

Sabe como é, né? Essa coisa toda de falar demais, de fofocar por horas no telefone....coisa de mulher. E elas (nós!!!) aprendem cedo, viu?? rsrsrs!
É só falar "alô" que ela pega o telefone e coloca na orelha. Fofaaaaaaaaaa!


video

E gente, não é porque é minha filha, mas ela tá muito gostosa. Bate palminhas sem parar, faz tchauzinho com a mãozinha toda molenga, manda beijinhos estalados, engatinha a casa toda, sobe em tudo (até na escada, portãozinho devidamente colocado)....coisa mais deliciosa. Completamente apaixonada eu...rs!

E o desfralde tá indo, viu gente? Amei cada uma das dicas e em breve farei outro post contando a evolução do processo, mas adianto que a escola está ajudando muitíssimo.
Muito obrigada pela ajuda, meninas!
10