segunda-feira, agosto 15, 2011


Caça ao tesouro

Acho que já comentei aqui no blog que aqui em casa nós não gostamos muito de comemorar dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, dia das crianças, etc.

Só que agora o André sabe que as datas existem (já que passa a semana na escola falando sobre isso e se preparando pra festinha), então também não acho legal deixar passar em branco. Decidi então fazer uma brincadeira aqui em casa mesmo para homenagear o papai.

Preparei uma caça ao tesouro. Fiz 12 pistas e colei pela casa toda. As pistas eram bem fáceis, já que a idéia era que o André conseguisse adivinhar para "ajudar" o papai. Eram pistas do tipo: "tudo que você colocar dentro de mim vai ficar muito gelado" - geladeira, "se você quiser dormir balançando, eu sou o lugar certo" - rede, "sou uma casa bonita e quentinha, mas você não cabe dentro" - casa dos gatos, entre outras.

Foi super gostoso ver o André brincar de caça ao tesouro com o pai. A carinha dele quando adivinhava o lugar e encontrava outro papel colado era a coisa mais linda do mundo. Abria um sorriso enorme! E também engraçado ver as respostas erradas dele...

Uma das pistas era "Se estiver muito frio, eu posso deixar a sala bem quentinha". A resposta era lareira, mas ele foi procurar no meio de um edredon que fica em cima do sofá e ele usa para se cobrir e assistir um filminho à noite!!! Achei fofo! :-))

A última pista levava ao presente do papai, que nada mais era do que um cartãozinho e uma foto impressa, para colocarmos em um porta retrato que já tinhamos em casa e que estava vazio.


Foi uma delícia: o André se divertiu com o papai e gastamos pouco mais de um real para imprimir uma foto em tamanho grande. Foi uma ótima maneira de mostrar na prática como podemos comemorar e homenagear o papai sem cedermos ao apelo comercial da data.


* A Juliana do blog "Fala, mãe" me convidou para escrever um texto sobre a amamentação dos meus pequenos e, é claro, eu escrevi. Hoje eu estou por lá...dêem uma olhada!!!!

9

9 comentários:

Sarah disse...

Amei a ideia Re! Imagino a carinha e a emoção do André participando da brincadeira. Ano que vem vc vai ter que bolar pistas meio-termo, mais difíceis pra ele, mais fáceis pra Nana! hehe!
bjos
Sarah
http://maedobento.blogspot.com/

Pati disse...

Amiga linda! Faz tempo que não comento mas não quer dizer que não leio todos os dias! É que fica duro comentar no trabalho, como hj estou de home office du para vir aqui elogiar MUITO esta brincadeira que vc fez aí! posso copiar?
E esta FOTO! Coisa mais linda a carinha da Nana! Eu não aguento mais de saudade!
beijão
Pati

Ivana - coisademae disse...

Que massa Rê! Também acho ótimo fugir dos apelos comerciais! Aqui em casa fizemos um café da manhã bem gostoso e não rolou presente, só muitos beijos e abraços!

Uma ótima semana pra vocês!

Celi disse...

Ótima idéia Re! Uma brincadeira tão simples, sem gastos e muito divertida.
Aproveitar o dia, ficar junto a família e ser feliz!
Adorei a foto!
Beijos

Fabiana disse...

Que lindo, Rê!

Eu fiz um filminho para mandar para o papai do Gu, com fotos e um "presente" no final...
Mandei e pedi que ele assistisse o filme com a webcam ligada. Eu queria ver a reação dele no final... foi uma emoção só. Um dia eu coloco o filme no blog.

Bjos

Roberta Lippi disse...

AMEI a ideia, Rê, muito muito legal. O que pode ser melhor do que um momento desses? Nada!!!
Super beijo pra vocês todos aí nessa família linda

Paloma, a mãe disse...

Adorei, Re! Aqui também não ligamos para as datas, as meninas não ganham presente de Dia das Crianças, mas, como aconteceu com vcs, a escola fez este mundo chegar em casa. E comemoramos fazendo o que mais gostamos: nos divertindo juntos.
Beijos

Nine disse...

Ai...hj não consigo comentar direito...

Enfim, adorei a brincadeira! Aqui tb não nos presenteamos (ao menos não com coisas do tipo comércio, hehe) e tem sido bem legal!

Beijos,
Nine

Patrícia Boudakian disse...

Que ideia genial, Rê.
Muito bom!
Tb não curto isso do apelo "capitalista" da data. Acho que as crianças devem dar valor sentimental sem associar aos presentes caros.

Que legal, vou correndo ler...

beijos