quarta-feira, julho 06, 2011


Sem frescura, por favor!!

Eu era fresquinha, tinha nojo de muitas coisas (ralo de pia, cocô, meleca de criança...). Obviamente quando virei mãe todos esses nojinhos desapareceram por completo...e nem tinha como ser diferente.
Só que, gente, ainda morro de nojo da água do vaso sanitário.
Outro dia estava em casa sozinha com as crianças, já tinha puxado a descarga e caiu uma pecinha do redutor de assento lá dentro. A água estava limpinha, eu tinha luvas de borracha em casa, cheguei a vestir as luvas e não tive coragem de pegar. Juro que ensaiei, tentei, mas não rolou...esperei o marido chegar em casa pra ele pegar.
E ele, obviamente, não perdeu a oportunidade de me atazanar a vida:

- E se a sua aliança tivesse caído, o que vc faria?
- Pediria pra você pegar.
- E se caísse em um banheiro público?
- Pediria pra tia da limpeza.
- E se não tivesse ninguém?
- Ofereceria pagamento em dólar pra quem pegasse pra mim.
- Mas você nunca anda com dinheiro nenhum, muito menos dólar.
- Faria um cheque.
- Mas e se fosse um banheiro sujão, porcão, tipo de posto de gasolina?
- Não pararia nesse banheiro se você não estivesse junto...

Enfim, fui enrolando como pude, tudo pra não ter que falar claramente que eu jamais colocaria a mão na água (eca) do vaso sanitário.

Até que ontem, corri para o banheiro com o André pra ele fazer xixi. Agora é assim, ele fala "xixiiiiiiiiii" e saimos correndo pro banheiro e ele, moço que é, sobe no banquinho que fica em frente ao vaso, abaixa a calça e faz xixi sozinho (sim, pinga pelo banheiro todo e eu tenho que limpar em seguida, mas é xixi e não água do vaso!). Quando se concentrou pra subir a calça e a cueca, desequibilbrou do banquinho e como a tampa do vaso estava aberta, caiu com os dois braços inteirinhos na água do vaso com xixi!!!
Mereço??
E quem é que teve que limpar tudo? Ele + o chão molhado? Quem? Quem?
A fresquinha aqui.
E lá se vai mais uma frescurite...rs!
24

24 comentários:

Ana Paula disse...

Hahaha! Adorei a maneira como você contou isso! Tadinho do André, ainda bem só se molhou.
Hoje também fiz um post um pouco assim, digamos sem frescura! Beijo

ladodeforadocoracao.blogspot.com

Fabiana disse...

Ai Rê, eu ri sozinha aqui...Da situação com o Dedé, do seu diálogo com o marido e de pensar em você olhando para a aliança no fundo de um vaso de banheiro de posto.
Eu como já fui estágiaria de empresa de telefonia, já entrei nestes buracos de rua e te digo que é mil vezes pior do meter a mão em vaso sanitário.
Mas eu te entendo. Cada um com as suas frescurinhas. Eu por exemplo não mato barata com chinelada por nada neste mundo.
Bjos frescos! hahaha

Ana disse...

Hahahaha,desculpa mas tô morrendo de rir, pq eu tbém morro de nojo e teve um fim de semana que o marido tava viajando e eu esqueci de fechar a porta do banheiro aqui. Em 5 segundos Felipe tinha jogado minha caixinha com vários brincos dentro do vaso. Sobrou p mim que peguei tudo e fiquei vomitando meia hora depois! Tenho passado sempre no seu blog, mas nem sempre dá tempo de comentar. Tenho um filho de um ano e meio e tô grávida de 3 meses , vi que aí a diferença foi pequena tbém, então entro aqui e fico lendo vários posts antigos só tentando imaginar o quão difícil e prazeroso vai ser quando o segundinho nascer! Ah, vi as fotos da festa da sua filha e fiqei encantada, lindo demais! Vc fez a festa em casa ou era salão de condomínio? Amei, as fotos então são sensacionais! Bjos

Fabi Coltri disse...

Hehehehehe...

Nojinho tbém, até q Sofia virou tooodos os pregadores da casa no vaso, se fosse 1, 2 eu dava descarga e pronto neh? Mas nããão, forma uns 50!

Frescurite foi-se!

Bjooo

Lia disse...

Rê, uma vez minha irmã foi ao banheiro da faculdade (pública), naquele mais perfeito esquema que nós mulheres conhecemos: dobra o joelho, mas sem encostar no vaso, enquanto equilibra os livros numa mão e baixa a calcinha com a outra, tudo isso com a bolsa pendurada no pescoço. Ela apertou a descarga e foi se levantar. Nisso caiu do bolso dela a chave do carro, daquelas codificadas. Ela ainda tentou resgatá-la no redemoinho daquela descarga anti-ecológica, mas era tarde demais. Só restou ligar pro papai ir buscá-la e levar um chaveiro especializado junto... mais de 100 pilas de preju.

Mãe de Duas disse...

Hahaha! Mais uma (ótima) história que o André vai ouvir muitas e muitas vezes na vida!
Bjo!
Priscilla

Roberta Lippi disse...

Hahahahaha, tô me matando de rir aqui, enxugando as lágrimas.

Mariana disse...

hahaha, to aqui me mijando de tanto rir...
eu de xixi não tenho nojo tb, mas de coco e vomito, socorro....
nem do gabizinho amado!
beijocas

Luciana Marques disse...

Não pude conter os risos no final Re. Nossos filhos são demais em todos os sentidos!

Acabam com todas as nossas frescuras!

Parabéns pra vc!

Barbara Luduvice Ramirez disse...

Renata, como eu ri com essa postagem.
Incrível como tudo o que a gente é, acredita, e segue, fica pequeno diante dos filhos!!! - rrsrss
Adorei a sua visitinha no blog, bom demais!!!
Beijos

Paula Dreger disse...

Eu tô rindo muito Rê! Muito bom mesmo.
Só os filhos para fazerem a gente fazer essas coisas, né?
beijo

nayara kraemer disse...

Ahahaahahahhaah !!!!!
Muito boa essa , Reanata ...
Eu ia tacar ele dentro do chuveiro diretamente , aí depois , ia na dispensa pegava as luvas , o alcool , o pano de chão , os detergentes e coisa e tal ...
Daí você não teria que encostar em nada que tivesse água do vaso ...Ahahahahah !!!!!
Só fiquei com pena do Dedé .... Deve ter levado um sustão tadinho !!!

Sabrina Ândrea disse...

Depois que virei mãe, também me obriguei a perder algumas frescuritas, rsrsrs !!!
Que lindo teu bloguito, lindo mesmo !! Já estou seguindo! Venha conhecer a nós tbm ??!!

bjks

Priscila disse...

Olá...

Estou vendo que já está entrando no ritmo do meu blog, né?! Mãe Sem Frescura... srsrsrs

É... eu também tinha nojo de tudo... agora... sou bem mais tranquila e uma mãe sem frescura... srsrs

Bjs, Pri
http://maesemfrescura.blogspot.com

Thati Bordados disse...

Hahah, adeus nojo da água do vaso sanitário... Agora vou contar uma bem engraçada, só para vc ver como as coisas podem ser beeeeem piores. Somos em três irmãs, a mais velha 7 anos a mais que eu, a do meio 1 ano e 10 meses mais velha que eu. Bom, minha mãe vivia para cima e para baixo cuidando das três, só que enquanto a do meio aprontava (e como ela aprontava!) eu às vezes escapava... Pois bem, numa dessas escapadas, minha irmã mais velha me pegou no flagra: brincando de panelinas, copinhos e pratinho, tomando a "deliciosa" água do vaso sanitário, achando o máximo a brincadeira do lugar onde nunca acabava a água!kkkkk Nem preciso dizer que minha irmã foi correndo chamar minha mãe, e que essa foi correndo me levar ao médico, que correndo receitou vermífugo!!!rsrsrs Ah, eu devia ter uns 2 anos...
Baci

http://piscardeolhos.net/ disse...

Ecaaaaaaa, REeeeeeee!!
Tadinho do Andre (e de vc, judiacao).
Bom, considere tudo isso uma evolucao espiritual.
Blaaagh.
Beijas, querida!

Mãe do Pitoco disse...

hahahaha Que nojo! Eca! hahahaha Mas amor é assim mesmo... faz a gente superar cada coisa inimaginável. hehehe Beijocas em vcs e parabéns pelos aniversários que perdi e não deu tempo de eu dar parabéns no dia, tá? Perdoa o atraso, vai? hihi Beijocas na família linda. OBS: quando vcs vêm aqui no Rio para eu te mostrar minha água de vaso, hein, hein? Brincadeirinha...

Anna disse...

hehheheh

dê-se o luxo de ter suas frescurinhas! Pense que foi um caso atípico.

beijocas

Mari Hart disse...

huahuauahuhuahuahuahuhuhuahuahuauhauhauhuhauhauhauhhuahuauhahuaua... ri altoooo! É Murphy nos obrigando a deixar de frescura(?) Re! Aqui foi a escova de dentes dentro do vaso e Pedro sem cerimônia nenhuma meteu a mão p/ pegar! ahhaha... ao menos não colocou na boca nee?! rs...

bjkas!

Celi disse...

Vixe... o André fez com que a frescura ficasse de lado rs
Mas tem coisas que realmente não gostamos mesmo! E você tem todo o direito!
Beijos

Sylvia disse...

A gente fica com tanta frescura a vida toda e depois que se é mãe a gente perde tudo né? Aff... cada coisa que a gente faz. Eu passava mal quando via alguém vomitando, agora... nem ligo, tipo quando é a minha filha porque dos outros ainda fico mal...rsrsrs
Tem selinho pra vc no meu blog, passa para pegar. Beijos

Mariana - viciados em colo disse...

kkkkkkkkkkkkk
morro de nojo tbm! que coisa louca!
eca-eca-eca cada comentário mais nojento que o outro!
vou ter pesadelos.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
beijoca

Luciana - Descobertas disse...

Re, ontem eu ia entrar aqui para perguntar se estava tudo bem contigo, pois você está há um tempo sem escrever e gosto do teu blog. Daí vi no blog da Carol Passuello os tweets e resolvi olhar. Bom, sinto muuito pleo que ocorreu com sua amiga!! Vamos orar em sintonia!

Beijo grande

Ivna Pinna disse...

hahahhaa..morri de rir com seu post! Eu confesso que tbm tinha muita frescura de tantas coisas..mas a gente sempre cospe pro alto depois da maternidade! rsrs
Bom mesmo foi que seu filho não se machucou!!!
Beijos
Ivna Pinna