quarta-feira, janeiro 26, 2011


o desfralde - socorro!!!

Queridas mamães mais experientes, preciso de vocês AGORAAAAAAAA!

Seguinte: André está com 2 anos e 6 meses e é super inteligente e esperto (cof, cof!). Ele já avisa quando quer fazer cocô e o xixi avisa quando já está fazendo, mas se comunica super bem e achei que era o momento oportuno para o desfralde.

Queria aproveitar as férias e o calor para que ele ficasse com menos roupa e tudo fosse mais Justificartranquilo. Herdou do meu sobrinho um peniquinho lindo azul que toca música e comprei um redutor de assento mais lindo ainda, fofinho do McQueen, que ele amou. Só que não senta.

Ele já consegue segurar o xixi....em algumas oportunidades, voltando da praia, explicamos que ele estava só de sunga e que não poderia fazer xixi no carro, mas só quando chegasse em casa. Ele segurou e fez quando chegamos em casa...ou seja, ótimo sinal.

Só que ele não quer sentar no peniquinho e nem no redutor. Simplesmente não senta. Ele diz que a fralda está incomodando e que quer ficar de cueca...eu coloco as cuequinhas lindas do homem aranha, do McQueen, de dinossauros, explico todo processo, digo que ele tem que me avisar, trago o peniquinho pro meio da sala, pergunto o tempo todo se ele está com vontade e ele sempre diz que não, convido pra sentar um pouquinho no pinico e ele nunca aceita, só que faz xixi na roupa 800 vezes por dia.

Algumas vezes ele faz 10 segundos depois de eu perguntar se ele estava com vontade e pedir pra sentar um pouco...ele não aceita e faz na roupa.

Ontem ele estava peladinho, antes de trocar a roupa e disse que estava com vontade de fazer cocô. Achei ótimo e disse "que legaaaaaaaaal, vamos correr pra fazer no peniquinho, como menino grande" e ele não quis sentar de jeito nenhum....ficava com a perna durinha pra não dobrar e sentar de jeito nenhum. Ofereci o assento do McQueen e nada....até que começou a chorar pedindo pra fazer na fralda. Eu fiquei com medo que ele ficasse segurando, então coloquei a fralda pra ele fazer.

Só que não sei mais o que fazer. Já contei mil historinhas...comprei o livro "Adeus, fralda" e ele adora a história (a história diz que o menininho tem que fazer a Dona Cocô no penico e a D. Cocô vai ser jogada na privada para ir embora encontrar com seus filhinhos cocozinhos...rs), mas não ajudou pra fazê-lo sentar.

Ontem, eu e o maridão dissemos pra ele que pra ele ser menino grande (ele adora dizer que é menino grande) precisam acontecer 3 coisas:
1- comer sozinho
2- dormir na caminha no quarto dele
3- fazer cocô e xixi no penico, pra poder usar cueca.

Como ele já faz as duas primeiras, ele só precisa usar cueca pra ser menino grande e ele se empolgou com a idéia, mas continua sem querer sentar....

Ouvi dizer que não é legal oferecer recompensas, mas já to quase apelando! rsrsrs!

Alguma dica, meninas???? Heeeeeeeeeeelp!
25

25 comentários:

Roberta disse...

Renata, aqui em casa o que foi muito bom foi esse livro:
O QUE TEM DENTRO DA SUA FRALDA?
Guido Van Genechten. è um livro grande colorido em quem um ratinho curioso olha dentro das fraldas de todos os bichinhos e claro, estão todas de cocozinho..e quando os bichinhos olham a dele..ta limpa e ele explica que faz no peniquinho!!
Victor se identificou muito e começou a usar o peniquinho "igual ao ratinho"

beijoooo!

Fá, Mãe da Ana Luiza e do Gustavo! disse...

Rê, e se vc tentasse acompanha-lo na hr de ir ao banheiro?! Tipo: vc no vaso e ele no piniquinho?! Pode dar certo! Conheço várias mamães que tentaram a tática e conseguiram!

Boa sorte!

Renata disse...

Adorei a dica do livro! Obrigada!

Já tentei sentar junto. E o papai tb. Nessas horas ele até aceita sentar no peniquinho, mas não faz nada!!!

Camila disse...

Querida, estamos vivendo a mesmíssima coisa!!! É o assunto do meu blog hoje e tem várias dicas legais, vai lá dar uma olhada. Espero q te ajude e q a gente supere isso. Boa sorte para nós e aos mocinhos tbem!
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

Anna disse...

Rê,

há quanto tempo começou o processo? PErgunto isso porque os primeiros dias são MUITO difíceis. Eles fazem xixi zilhões de vezes (e nenhuma delas no penico ou vaso).

Mas passados os primeiros dias, eles se acertam. O André, como você disse, tá te dando todos os sinais de que está pronto, então siga em frente!


Aqui o xixi foi mais tranquilo, mas começou a prender o coco. Uma dica passada pela psicóloga da escola do Lucas (e que funcionou aqui) é não supervalorizar o evento. Tente tratar da forma mais natural, chame-o pra ir ao banheiro com você (e mostre o resultado!). Chame pra dar tchau pro xixi e pro coco. Estimule fazer xixi no banho (no box). Aos poucos eles vão se interessando.

Aqui, antes de começar o desfralde propriamente dito, fui, aos poucos, familiarizando o pequeno com o penico, o vaso, etc. E comprei um livro que adorei: "O que é que se faz com um penico?".

E outra coisa: ele não gostou do penico de jeito nenhum. Comprei, ele olhou, sentou, achou graça. Mas fazer mesmo, só no vaso (sem redutor).

Bom, foi assim que fizemos por aqui.

Espero ter ajudado. Qualquer coisa grita que a gente te ajuda!

Paloma, a mãe disse...

Rô, a Ciça também se recusava a sentar, no início. Aí eu coloquei o penico na varanda, com brinquedos e revistinhas em volta. E um dia ela sentou e fez. Fizemos festa, até que ela visse que sentar pode ser legal. E compramos o livro "Cocô no trono", da Cia. das Letrinhas (super recomendo) e o DVD Urso na Casa Azul, que aborda o tema. Mas esta recusa é um tanto desesperadora mesmo. Tente não ficar tensa (eu fiquei e atrapalhei o processo), para que ele se sinta seguro.
Beijos e boa sorte
P.S. Li o post da Roberta sobre o desfralde do Victor e achei legal, veja lá.

Elise Machado disse...

Calma que ele pega o jeito! :)
Ó, Memée odiava penico e redutor - eu levava ela pra me ver no banheiro e ela queria usar o vaso grande normal mesmo.
Eu deixei e ela aprendeu rapidinho.
De repente se ele usar o mesmo que vcs, e o Dani levá-lo pra mostrar como ele faz xixi...

Mamãe Nádia disse...

Ai ai ai, estou passando por isso agora mesmo!!! E meu filho não faz nenhum xixizinho no penico pra agradar a mamãe aqui!!!! Socorrro, o que faremos???

Sarah disse...

Opa, esse assunto super me interessa! Bento começou a dar os primeiros sinais de desfralde, se interessa pelo que a gente faz no banheiro e se agacha ou se esconde pra fazer cocô. Há um tempo comecei a levá-lo para dar tchau pro cocô, faço assim: depois que ele fez (na fralda mesmo, não tirei nada ainda), pergunto: "Vamos dar tchau pro cocô?" Daí vamos juntos ao banheiro, jogo o cocô no vaso, damos tchau e a descarga. Após a descarga ele confere se o cocô foi embora mesmo e lavamos as mãos.
Tudo isso eu considero um pré-desfralde, uma preparação para a coisa propriamente dita. Incluí no pacote o mesmo livro que a Roberta indicou (O que tem dentro da fralda), que Bento simplesmente adora.
No mais não tenho dicas, já que não iniciei o processo ainda. Mas boa sorte aí... Vou continuar acompanhando para pegar as dicas das meninas!
bjos

Mari disse...

olha, ainda sou muito iniciante no universo dos meninos, então não sei se o apelo é o mesmo... mas com Alice adesivos funcionaram bem. Cada xixi/cocô no penico ou privada era um adesivo pra ela colar e decorar o trono. Tenho privadas super coloridas por conta disso, haha!
E me explica uma coisa: tem que sentar??? xixi de pé não rola?
(meninos, esses desconhecidos... hahaha!)
beijo!

Dani Meggiolaro disse...

Re,
Até o fim do ano a Gui tava indo super bem. Fazia xixi e cocô no penico (com direito até a ler um gibizinho - hehehe) e eram poucas as escapulidas. Tive até a doce ilusão de pensar que no início das aulas ela já estaria desfraldada... Mas foi só a gente sair de férias prá tudo desandar. Igualzinho ao Dedeco: perguntávamos de 5 em 5 minutos se ela queria fazer xixi e nada. Dava um segundo, o chão estava todo molhadado. Isso quando não vinha o cocozão na calcinha (eca!). A coisa ficou tão feia a ponto de eu desistir! A única situação em que ela se segura é na piscina, pois ela sempre pede prá usar o "ralinho". O pediatra falou que, como ela tem controle (se não tivesse, faria na piscina também), ela deve estar querendo chamar a atenção... E provavelmente por causa da Leticia, que agora está ficando mais bonitinha, mais engraçadinha...
Sei lá... Só sei que é uma merda, literalmente!
Beijos,
Dani.

lolo disse...

Oh meu deus, e eu achando que ruim são as primeiras fraldas de alimentos sólidos, kkkkkk. Queria te pedir uma dica, como você faz quando está na rua pra dar papinha?? Para transportar, vc leva a tralha toda (prato, garfo para amassar fruta, colher...), tem que por em uma bolsa térmica? A papinha salgada vai quentinha já??? Ou vou de nestle mesmo??

Priscilla disse...

Oi Renata!
Venho sempre aqui mas comento pouco...
Escrevi um post no meu blog sobre isso: tenho duas filhas e os desfraldes delas foram completamente diferentes. Espero que minha experiência de mãe de duas possa te ajudar!
Segue o link para o post: http://mae-de-duas.blogspot.com/2010/12/desfraldes-distintos.html

Bjs

Isabella Estanislau disse...

Ai meu Deus!!
Que bom que não sou só eu passando por isso!!!
Comecei junto com a escola, estava indo bem até que chegaram as férias e a coisa retrocedeu. Viagens, saídas... e terminei apelando para a fralda de novo. Agora resolvi começar pra valer. Comprei uma porção de calcinhas,o livro "O que tem dentro da sua fralda" (super recomendo), levo ela no trono de 20 em 20 minutos, e não coloco fralda. Mas mesmo assim hoje já foram 3 xixis e 1 cocô na roupa. Tô tentando relaxar pois sei que cada criança tem o seu tempo. Mas a coisa não é fácil não. Tenta levar com a maior naturalidade possível. Acho que eles tem o tempo deles também.

Tathy "Trocando Experiências!" disse...

Oi Renata eu consegui fazer o desfralde na Júlia da seguinte maneira:
Sempre que ela ia ao banheiro eu sentava no vaso e dizia que como ela era pequenininha que o vaso dela era o piniquinho e ai fazia ela sentar nele e dizia vamos fazer xixi/côcô...ai eu falava vc faz no pinico e eu faço no vaso.
Depois que terminava eu e ela juntas pegavamos o pinico e jogavamos o que tinha dentro no vaso fazendo a maior festa,dando tchau e etc e tal!!!
Bom aqui isso funcionou.
Claro que teve momentos de recaidas!!
Mas já li que o desfralde em meninos é mais dificil do que em meninas
Espero que vc consiga o ideal é não forçar nada para não causar traumas na criança.

Abraços.

Janaína Mascarenhas disse...

Renata,
Passei por uma situação parecida com Lipe (que já está com 8 anos).
Ponto 1- O penico musical foi meu maior erro, Lipe só queria brincar com ele, e não se concentrava para fazer nada;
Ponto 2- Já tentou pôr para fazer o xixi em pé? Lipe só fazia em pé;
Ponto 3- Em relação ao cocô, foi um dilema. Ele tinha controle total dos esfíncteres, mas não aceitava usar nem o penico, nem o redutor. Vivia só de cueca, quando queria fazer cocô, pedia para pôr a fralda e fazia de pé. Se eu não colocasse, ele segurava tanto, que só saía com minilax. Cheguei a marcar avaliação com uma psicóloga, porque não sabia mais o que fazer, já tinha tentado tudo. Fui sozinha conversar com ela numa sexta, e o levaria para começar a terapia numa quarta (eu acho). Como um toque de mágica, nesse fim de semana, começou a usar o vaso.
Acho que o principal é não se estressar. Você conhece algum adulto saudável que use fraldas? No tempo certo, seu pequeno fará a transição. Beijo grande.

Micheli disse...

Oi, Renata.
É normal as crianças terem medo do "buraco" do assento ou redutor. A Clarinha passou por isso, então parei e esperei mais um pouco. Quando recomeçamos, ela já sem esse "medo", as coisas engrenaram. O xixi vai super bem, já o cocô ainda insiste em enroscar na calcinha... rs.
Não há uma "fórmula mágica", cada criança reage de uma forma. Aqui em casa deu certo a "premiação". Não de uma forma a "comprá-la", mas estimulá-la. O processo todo tem de ser algo divertido. Na primeira semana eu dava "estrelinhas" a ela para colar em um painel de cartolina amarela (cor favorita dela) que coloquei na parede do quarto da pequena. Esse apoio visual ajuda muito, viu? Ela curtia bastante. Quando chegou em 19 estrelinhas não fez questão decolar a 20ª... rs. Então não precisei mais do quadro (mas ainda o mantive ali por algum tempo). Eu também dava figurinhas (tem dias que ainda dou). Não sou a favor de dar guloseimas, mas tem pais que usam isso. Essa idéia do quatro de incentivo é baseado em idéias da super nany para outras situações. Depois li em um livro sobre o assunto desfralde essa dica, que eu já estava usando. Escrevi um post sobre essas dicas no blog: http://tagarelicesepensamentos.blogspot.com/search/label/desfralde .
Beijos.

Dani Maciel disse...

Rê, olha só, eu, veja bem EU, acho que cada criança tem o seu tempo, se ele não se sente a vontade ainda com o penico e afins é pq não tá no tempo dele...aqui em casa é assim, o povinho tem uma personalidade que doi, então qto mais eu insinto, mais dificil fica, não sei por aí, mas o que EU acredito é que vc deveria dar mais um tempo pra ele, relaxa, daqui a pouco ele larga.
Só pra saber: o Enzo, largou SUPER tarde das fraldas, talvez culpa minha sim, admito, honestamente nem lembro ao certo mas foi por volta dos 3,5, já a Carol com 1,8 já não usava mais!

Força e fé!

Ah, sempre penso que as minhas opiniões mais atrapalham que ajundam...sorry

Bj

Dani

Coisas de mãe disse...

hihihihi

Mais uma pra turma!



NEm me fale! Nao tenho dicas, olha que adoro dar um pitaco em tudo, mas desta vez, so posso rir junto!!

To fazendo um post pra contar minha saga.

beijos

Pati

Beta, a mãe disse...

Renata, sobre as recompensas eu acho válidas sim! Não é uma coisa ruim, claro que não vale dar sorvete ou pirulito, mas se for uma coisa aceitável, pode ajudar e muito! Vi na Supernanny o sistema de adesivos. Ele ganha um a cada sentada por exemplo.
Eu achei o desfralde tranquilo com a ajuda da escola. Elas foram fundamentais no processo, tem todo o apelo dos amiguinhos e com as professoras eles topam ir de 15 em 15 minutos. A Bia estava logo no começo nessa coisa de não querer sentar também. E conforme o tempo foi passando, ela topou o vaso grande sem redutor. Com a gente segurando (haja costas)! Depois migrou pro peniquinho naturalmente. E agora ela mesma tira a calcinha e faz, e me chama pra ir limpar. Tenta colocar ele no vaso SEM o redutor. Quem sabe dá mais segurança? Eu achei esses redutores muito inseguros. Vai ver é isso que dá medo no André.
Ou pode continuar nas fraldas até as aulas recomeçarem e você ter uma ajuda das professoras.
Beijos e boa sorte!

Carol Garcia disse...

ai rê,
nem me fale do desfralde, amiga...
que fase!
estamos passando por isso tbm e não está nada fácil.
vou fazer um post sobre...
força daí que eu torço daqui.

Thaís Rosa disse...

amore!!!
tô pra comentar com calma aqui desde que vc fez o post, mas essa última semana de férias do Caio foi o bicho! hehe
Mas aí, como tinham várias mães postando sobre isso blogosfera afora, resolvi fazer um post relembrando o desfralde do caio... quem sabe te ajuda...
beijocas e força ae!!

Dani disse...

Rê, tô meio atrasada...mas, vamos lá: Nina também se recusava a sentar na "privadinha" no começo. Fazia tudo na roupa. Até que um dia, do nada, virou pra mim e disse: pela aí...vou ali fazer xixi na privadinha e já volto. Foi, fez e voltou.
Sei lá, acho que nesse negócio de desfralde, cada criança tem seu tempo, como já disse lá no blog. Paciência, amiga, é a chave do sucesso nesse quesito. E vc está no caminho certo. Já já ele aceita, vc vai ver!
Beijo!
Dani

(Mamãe) ~Pinel disse...

Eu não tenho idéia de como fazer! Mas meus irmãozinhos nunca usaram penico ou redutor de assento. Aprenderam desde sempre a usar o vaso normalmente, igual todo mundo da casa, o que os deixava mais animados!

Boa sorte com o desfralde!
Beijo!

Fernanda disse...

Renata...
tudo bem, eu trabalho em um escola em SC... e nesse momento tenho 3 crianças que estão saindo da fralda e vou ser sincera... Quando essa historia de sair da fralda começou eu levava um amiguinho que já usava o piniquinho... e eles adoravam... pq queriam ser iguais...
Isso que sem recompensa é errado, eu discordo, pois ele vai vê que se fazer no pinico ele tem um premio e quando for na roupinha a Mamãe fica tristii..
Que tal???