sábado, dezembro 31, 2011


Ano novo

Ano novo é a minha data! Eu não ligo horrores pra Natal, não ligo para datas como dia dos namorados ou dia das mães, de modo que a data que me comove mesmo é o ano novo. Eu adoro a idéia do recomeço, do fechamento de um ciclo para o início de outro, os novos planos, as novas promessas, a esperança de que tudo seja melhor, ou até mesmo tão bom quanto, mas tudo novo, começando de novo, com nova energia e novo astral
Esse ano foi muito bom, amigos por perto, amigos antigos, amigos novos, família bem pertinho, o meu melhor amigo e uma das pessoas que eu mais amo no mundo bem pertinho de mim de novo, filhotes cada dia mais lindos e espertos, todos com a saúde em dia, trabalho bom, tudo correndo super bem. Alguns contratempos normais, uma tristeza muito grande que abateu uma amiga querida e que me fez refletir demais e me encheu de alegria ao ver em seus olhos a energia renovada com a chegada de um anjinho lindo. Aprendi demais, cresci, chorei, me conheci melhor, e sem dúvida nenhuma, fui muito feliz!!
Desejo que 2012 chegue com uma energia muito boa, trazendo muita paz, muita alegria, muitas novidades maravilhosas e, acima de tudo, muito, muito amor, porque a vida com amor é muito mais linda!
E falando em amor, só posso agradecer pelo amor lindo que eu sinto e recebo todos os dias do meu amor, que me apóia, me anima, me incentiva, ri das minhas besteiras e me faz sentir sempre tão admirada! Adoraria ser a pessoa que ele enxerga em mim! Obrigada, meu amor, por mais um ano tão maravilhoso ao meu lado e dos nossos anjinhos! Que 2012 seja incrível pra todos nós!
E para todas as pessoas que estão lendo, que passam sempre por aqui para trazer um carinho pra nossa família, para mandar um recadinho fofo e até mesmo para aquelas pessoas que ficam bem quietinhas, mas sempre acompanham, desejo um ano novo excelente, cheinho de gargalhadas de doer a barriga!
Muitos, muitos beijos!!


(eu nao sei formatar nesse computador, mas não queria deixar de escrever hoje)
5

sexta-feira, dezembro 23, 2011


Picareta + Natal




Gente, sei que já to virando blogueira picareta, que só vem aqui pra justificar a ausência, mas a verdade é que ninha vida ta complicada mesmo.
Todo mundo sabe que eu voltei a trabalhar, depois de 3 anos, e ainda não consegui dividir meu tempo muito bem. Antes, no meu tempo livre, eu podia blogar. Agora, no meu tempo livre, eu durmo, porque é tãooooo pouco! Rs!
Pra ajudar, eu estou sem ninguem pra me ajudar em casa, crianças de férias e eu cuidando da casa, da roupa, da comida, das crianças... Enfim, tudo ao mesmo tempo agora! Penso nas pessoas que moram fora do Brasil e que levam essa vida sempre e juro- são minhas heroínas, porque eu to mortinha com essa vida de lavar/ passar/cozinhar/ cuidar dos pequenos e BRINCAR, né? Porque criança não vive só de comidinha e roupa limpa, criança quer brincar e confesso que ando tão cansada de fazer tudo, que estou brincando pouco e me culpando muito por isso!
Bom, mas o que quero mesmo dizer que blogar mais é uma das minhas metas para 2012, porque eu sinto miita falta de estar aqui, contar as aventuras dos pequenos e acompanhar as aventuras de todos os outros pequenos.
Eu recebo taaaaaanto carinho das pessoas que me lêem aqui, email perguntando se estou bem, recadinhos dizendo que sentem a minha falta, mensagens tão fofas e tão carinhosas que me deixam muito feliz e com muita saudade de dar mais atenção ao meu cantinho.
Então, depois de mais um ano de blog, queria muito agradecer a todas as pessoas que continuam vindo aqui, mesmo com tanta ausência! Obrigada, vcs são incríveis e eu prometo estar muito mais presente no próximo ano.

Feliz Natal e um ano novo maravilhoso, cheio de paz, amor, saúde, alegrias, sorrisos, cheiro de bebê, gargalhadas gostosas e NADINHA de birra (pode sonhar, né? rs!)
Um beijo enorme, cheio de carinho! E até janeiro!




11

terça-feira, novembro 29, 2011


Dor de filho

No último sábado teve reunião na escola dos pequenos e a professora do André comentou comigo que o comportamento dele mudou um pouco nas últimas semanas. Ele está arredio, se recusa a participar das atividades e muitas vezes não quer nem fazer as aulas extras (ed. física, capoeira e música), que são as que ele mais ama.

Ela me contou também que o seu melhor amigo da escola, o João, saiu da escola repentinamente e ela não teve tempo nem de trabalhar isso com as outras crianças, fazer uma despedida, nem nada. A mãe do João o levou na escola um dia qualquer e avisou que era o último dia dele. Assim, às pressas, porque o marido havia sido transferido e eles estavam de mudança para outra cidade.

E isso coincidiu com a mudança de comportamento do André. Ou seja, É ESSE O MOTIVO da mudança de comportamento dele.

Ele gosta dos outros amigos e brinca com as outras crianças, mas o João era o amigão. Ele chegava todos os dias contando alguma coisa sobre o João, levava um brinquedo pra ele e outro pra emprestar pro João, enfim...era o melhor amigo da escola.

Eu fiquei super chateada e fui conversar com ele. Comecei perguntando se ele estava com saudades do João e ele me respondeu "muita saudade" (meus olhos já se encheram de lágrimas!!). Eu expliquei que o papai do João teve que mudar pra longe e que ele não conseguiria vir pra essa escola porque é muito longe de onde ele está morando agora. Expliquei que o João também está com muita saudades dele e também queria muito brincar com ele, mas que ele vai ter que ir pra outra escola e fazer novos amigos.

Disse que ele tem muitos outros amigos legais na escola que adoram brincar com ele. Lembrei a ele que os amigos ficam tão felizes quando ele chega na escola, que vem até a porta dizendo "Dedééééééé" porque gostam muito dele e querem brincar com ele. Nessa hora ele sorriu e disse: "É mesmo, mãe, todo mundo grita meu nome quando eu chego".

Eu fui mostrando pra ele o quanto ele é querido na escola, o quanto os outros amigos são legais, quanta gente bacana tem pra brincar com ele e ele disse que gostava dos outros amigos também, mas que gostava mais do João.

E eu me dei conta de que essa foi a primeira "perda" dele. É a primeira vez que ele é privado da presença de alguém que ele gosta muito. E ele está triste, está sentido de verdade.

E eu me senti impotente, sem saber como aliviar a "dor" que ele está sentindo. Pela primeira vez vejo meu filho assim e não posso fazer muito a não ser conversar, conversar e conversar....

Difícil, né???

(eu aqui, no auge da TPM, chorando só de escrever o post....socorro, alguém controla os meus hormônios!!!! snif....)
28

segunda-feira, novembro 21, 2011


Natal

Esses dias fiquei sabendo que existe um serviço de aluguel de árvores de natal. O povo entrega, monta a árvore e depois do Natal vem retirar.
Juro que eu não consigo entender qual a graça disso, já que pra mim, a graça de enfeitar a casa é juntar a família e se divertir com isso. Desde pequena minha casa sempre foi super enfeitada no Natal, com enfeites que eu ajudava minha mãe a escolher e a fazer. Era tudo feito em casa e eu amava todo o processo de fazer e depois, finalmente, montar a árvore.
Aqui em casa é a mesma coisa. A partir do ano que vem, quando a Nana já estará maiorzinha e mais "talentosa" (rs!) pretendo enfeitar a árvore com coisas feitas em casa. Esse ano meus enfeites são de feltro e de papel. As crianças podem mexer em tudo e foi uma delícia montar a árvore com eles.
Nana ficava enfiando enfeites soltos no meio dos galhos e o Dedé pendurava direitinho e a cada enfeite que ele pendurava, ele dizia : "tá ficando linda a nossa árvore, né mãe?"
Tem coisa mais gostosa???

E aproveitando o clima de Natal, Dedé ditou pra mim a cartinha para o Papai Noel, que vou transcrever aqui pra nunca mais esquecer, já que essa foi a primeira.
Eu escrevi do jeitinho que ele mandou....

"Papai Noel,

(Eu disse que antes de pedir presente, ele tinha que dizer ao Papai Noel porque ele merecia ganhar presente...)

Eu mereço ganhar presente porque eu sou um menino bonzinho. Eu também sou muito bonito. Eu sou legal com a Naninha e sou bonzinho com o papai e a mamãe.
Mãe, escreve aí que eu vou obedecer muuuuuito o papai e a mamãe e quando eu não obedecer e for pro cantinho, eu vou pedir desculpas.
Eu quero ganhar:

- roupa do batman com capa
- roupa do super homem com capa
- roupa bem pequena e rosa do homem-aranha pra Nana ser a menina aranha (Eu, Renata, quase morri com tanta fofura!!!!!)
- bicicleta azul
- caverna do batman
- um fogão azul do batman (???)
- uma caneta azul

Só isso, Papai Noel.

Mãe, fala aí que eu também quero uma roupa do Venom com criatura, tá?


MORRI DE AMOR!!!! :-)))

P.S.: Depois dessa lista toda, já corremos explicar que o Papai Noel traz alguns presente e não todos....rsrsrs!

15

sexta-feira, novembro 18, 2011


Consumo consciente

Eu vivo explicando pro André que não é legal ele ficar pedindo coisas, pedindo pra comprar brinquedos ou qualquer coisa. Explico que ele já tem bastante coisa e que é muito feio ficar pedindo coisas que ele já tem porque ele não precisa e bla bla bla...

(é de pequeno que se aprende, né gente?)

Enfim, estava eu outro dia voltando da escola e comentei com ele que precisava passar pra comprar fraldas, e eis que ouço o seguinte sermão:

- Mãe, é muito feio você querer comprar as coisas que você já tem. Tem um monte de fralda lá em casa e você não precisa comprar mais. Muito feio!!!


Criando um monstrinho??? rsrs!

beijinho e bom final de semana
7

quinta-feira, novembro 03, 2011


Pai x Mãe

Cena cotidiana com o André no carro:

Dedé: Mãe, to com dor de barriga.
Mãe: Que chato, filho...mas logo vai passar
Pai: Onde dói, filho? Ta doendo muito? Você quer que eu faça massagem? Etc.
Mãe: Ih, Dani...não é nada, relaxa

Cena ocorrida ontem, na estrada, voltando do RJ de carro:

Dedé: Mãe, to com dor de barriga
Pai seguindo a orientação da mãe: Logo logo vai passar, filhão.
Mãe reclama com o pai por não dar atenção ao menino e diz: Poxa, meu lindo...vc quer parar pra fazer cocô?

Paramos no primeiro posto Graal que apareceu, Dedé fez cocô, dor de barriga passou e seguimos viagem felizes.

Eu dou um sorriso pro marido e digo: "Sei que pode parecer absurdo, mas eu sei quando ele fala só pra fazer charme ou quando está com dor de verdade"
Ele riu e disse "Eu não entendo mais nada....."

Ah, as mães....esses seres tão superiores....rsrsrsrs! :-))
14

segunda-feira, outubro 31, 2011


Na casa das amigas

Hoje tem texto meu lá na casa da amigas!

As fofas da Flavia e da Roberta postaram um texto que eu escrevi quando o André ainda era um bebezico de colo e eu fiquei super honrada!

Quem for leitora antiga certamente já conhece, mas va lá no Minha Mãe que Disse dar uma olhadinha!! :-))

beijoca
3

segunda-feira, outubro 24, 2011


Segunda-feira


Nada mal pra uma segundona, né?? :-))


15

quarta-feira, outubro 19, 2011


Dedé espaçoso

Essa noite papai viajou a trabalho e não dormiu em casa. Dedé quis dormir comigo na cama "no lugar do papai".
Achei tão fofo e obviamente que deixei.

Ficamos conversando antes de dormir, ele ficou fazendo carinho no meu cabelo...uma delícia.

Mas essa delícia toda só durou até ele pegar no sono e então começou a chutação. Cara, como pode um menino se mexer tanto?? Ele me chutou muito, conseguiu até um pé na minha cara.
No meio da noite ele estava atravessado, uma hora depois na posição normal...ia mudar de posição e me dava uma cotovelada...enfim, não dormi nada.

Minha cama é king size e eu acordei hoje em um cantinho tão mínimo, quase caindo...e, confesso, um pouco mal humorada por ter dormido tão mal.

Mas foi só o molequinho acordar, que ele olhou pra mim e disse: "Eu adorei dormir pertinho da mamãe". Amoleci, né gente? dei um abraço esmagante e acabou todo o mau humor!!! :-))

Em tempo: ele acabou de voltar da escola e disse que ele iria dormir todas as noites comigo, mas que ele empresta a cama dele pro papai dormir. Bonzinho ele, né??? rs!
9

terça-feira, outubro 18, 2011


Mamãe BABONA!

E esse post é só porque eu sou uma mãe muito babona e acho a minha princesa a coisa mais linda do planeta inteirinho, com a carinha de sapeca mais deliciosa e os olhos de jabuticaba mais maravilhosos e o cabelinho lisinho mais macio e cheiroso e enfim....




Ela é demais, não é??? :-))

* fotos by Daniela Leme (sempre ela....rs!)


19

domingo, outubro 16, 2011


Sujou, limpou

Na última sexta eu passei por um momento de desespero: deixei a Nana sozinha na sala por menos de um minuto (tempo de levar o André ao banheiro para um xixizinho rápido) e quando eu voltei, a minha parede estava todinha "desenhada" com giz de cera.
Eu tentei limpar com água, sabão, veja, borracha e nada daquilo sair. Era a parede da minha sala e eu já imaginei ter que pintar a sala inteirinha por conta dos rabiscos dela....desespero!
Fiz um apelo desesperado no facebook perguntando se alguém conhecia algum milagre e me recomendaram a esponja mágica da Scotch-Brite. (Aninha, se eu pudesse, te daria muito ouro em recompensa pela sua preciosa dica...Inshallah! rs!)

Comprei hoje a tal esponja e nada mais justo do que "quem sujou, que limpe"!!! rsrs!





* Depois eu esfreguei e limpou MESMO....fiquei besta com a magia da esponja...minha parede está limpíssima!!! :-))
** Querida Scotch Brite, de nada pela propaganda gratuita, sintam-se à vontade para enviar muitas esponjas mágicas de presente pra Nana!


***Em tempo, obrigada pela preocupação com a gatinha, como vcs podem notar, ela já está bem melhor!!! Ainda não está 100% e não pode abusar, ainda mais com esse tempo chato que está fazendo, mas já está melhorando :-))
(ela melhor e eu pior....mamãe meeeeeeeegra gripada! :-(( )
12

sexta-feira, outubro 14, 2011


Argumentação

Posso dizer que aqui em casa tanto eu quanto o marido somos bons nessa coisa de argumentação. A verdade é somos teimosos, mas falar que gostamos de argumentar soa bem melhor! rs!
O André é um pequeno mestre nessa arte de argumentar. Filho de dois advogados, consegue enrolar todo mundo com seus argumentos.

Fatos: Nana está com pneumonia e está de molho em casa, sem ir pra escola. A moça que trabalha comigo saiu de licença maternidade e eu estou sozinha pra cuidar deles e da casa. Festa que a Lollis está decorando no sábado e muitas coisas pra preparar. Muita roupa pra lavar, casa pra limpar, louça pra lavar e duas crianças enlouquecidas correndo pela casa.

Tudo que eu preciso é de umas horinhas sozinha, eis que o Dedé decide argumentar.

Reprodução do diálogo de hoje de manhã:

- Mãe, eu não quero ir pra escola hoje.
- Por que, filho?
- porque eu quero ficar aqui em casa com você e a Naninha (olha que doce!)
- Filho, hoje é dia do brinquedo na escola. Vc pode levar o que quiser e, além do mais, vai ter muitas atividades, muitos amiguinhos pra brincar...
- tá chovendo, mãe. só vai ter atividade dentro da sala, então prefiro ficar aqui.
- Eu sei, filho, mas a mamãe tem muita coisa pra fazer, preciso trabalhar e não vou poder te dar muita atenção.
- Não precisa me dar atenção, eu fico bonzinho brincando com a Nana.
- Filho, a Nana ta dodói...hoje a tarde ela vai dormir e vc nem vai poder fazer barulho.
- Quando ela dormir, eu vejo um filme.
- Ai, filho, mas é tão gostoso ir pra escola...
- Eu sei, mãe, mas ta frio e eu queria ficar aqui em casa...

Alguém adivinha o que aconteceu?? Ele está aqui em casa, claro!

Fiquei pensando que até eu estou com vontade de passar o dia em casa de pijama, então ele tem todo direito de também querer, não é mesmo? Então resolvi ceder e aproveitar que por enquanto ele ainda não tem obrigações, a vida é leve e um dia inteiro em casa de pijama com a mamãe é uma delícia e eu tb adorei a idéia.

A roupa vai ficar pra depois, a louça vai ficar pra depois, a casa vai ficar bagunçada e eu estou indo lá pegar o meu laço e brincar de Mulher Maravilha, porque hoje vai ter muita brincadeira aqui!!!!

* Sócia, fique tranquila que as coisas da festinha vão ficar prontas a tempo, ta? rssrs

8

quarta-feira, outubro 12, 2011


Spiderman

A nova fase aqui em casa é o Homem Aranha. Woddy, Buzz e toda a turma ficaram um pouco esquecidos por conta da obsessão com os heróis, especialmente o Aranha, campeão absoluto de performances.

Ele sabe a história toda, anda pela casa soltando teia, está furando a fantasia de tanto usar e quando alguém pergunta o nome dele, ele só responde Homem Aranha. Se por algum descuido, alguém chamá-lo de André, ele prontamente responde "eu não sou o André, eu sou o Homem Aranha"

E vejam só tamanha a desenvoltura com a pronúncia do nome do seu herói em idioma origina (ou em "inguês", como ele diz)l...rsrsrs



7

segunda-feira, outubro 10, 2011


Autoestima


Hoje eu não vou falar da autoestima dos meus filhos, vou falar da minha.

Fato 1 - Estacionamento. Entrego meu carro ao manobrista que aparenta ter uns 12 anos. O som estava ligado, ele pega a chave da minha mão, entra no carro e diz: "A SENHORA gosta de música de JOVEM, né?"

Fato 2 - Vou toda felizinha fazer uma camiseta com a minha caricatura na feira que participamos na Daslu, e o rapaz me desenha assim:



Fato 3 - Em um dia qualquer, meu filho mais velho, no auge dos seus 3 anos me diz:

"Eu já sei colocar e tirar a roupa sozinho, NÃO PRECISO MAIS DE MÃE"

Alguém tem um bom psiquiatra pra me indicar?? Terapia djá! rsrsrs!
15

segunda-feira, setembro 26, 2011


Lollis na Daslu

Queridas,

Estou suuuuper ausente, sem visitar vocês todas e sem conseguir postar nada. Só que a causa é nobre - a Lollis vai participar de uma feira de festas infantis na Daslu e estamos trabalhando enlouquecidamente pra montar uma mesa linda!

Queria muito convidar todas vocês, amigas queridas, para irem visitar a gente. Eu aproveitaria pra conhecer aquelas que não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente e daria um abraço de urso, de quebrar costela, nas lindas que eu já conheço e que são amigas queridas.

A feira acontece nessa sexta, sábado e domingo, no terraço Villa Daslu, de 11h às 20h. Podem ir qualquer horário porque eu vou ficar lá todos os dias, o dia inteirinho. Se eu por acaso não estiver no estande na horinha que vc chegar, me espere que eu devo ter dado uma corridinha rápida pra comer um lanchinho ou fazer um pipizinho básico....hehehehe

Dividiremos o nosso estande com a amiga querida Dani Leme, fotógrafa feríssima que eu já indiquei aqui e com a Elena Stein, que faz bolos artísticos lindíssimos e deliciosos.

Levem os pequenos, tem bastante atividade pra eles. Oficinas, brinquedos, showzinhos e até um espaço teen, pros pequenos maiores. rs!

No nosso estande faremos diariamente oficina de cup cakes e oficina de aquarela (que é o tema da nossa mesa.....mas ssssshhhh, era segredo!!!!), às 15h30 e 16h30, respectivamente.

Vou AMAR receber a visitinha de vocês!!! Diz que vai, pleeeeeeeeeeeease!!!! hhehe









0

terça-feira, setembro 13, 2011


GUDE

Eu sou grudenta, assumo.

Gosto de pegar, beijar, abraçar, fazer cafuné, sentar bem pertinho, dar as mãos, dormir juntinho....essas coisas de pessoas grudentas mesmo. rsrs!
Maridão não é grudento, mas nunca reclamou. Diz ele (e eu acredito, claro! rs!) que adora o meu grude. Ele inclusive me chama de "micuim", que é um carrapato de pequeno porte, não é meigo?? rsrsrs!

Só que, além da mamãe aqui, temos um mini-micuim em casa também: o André. Ele é uma coisa de grudinho...adora colo, carinho, cafuné, abraço, beijo, aperto, amasso e sempre, sempre dorme mexendo no meu cabelo. Ele ADORA mesmo, é uma fofura.

E ele se enrosca mesmo....deita cabecinha na madrinha pra ver filme, agarra a vó enquanto está brincando, quer sempre tomar o leite no colo do pai e comigo a história é intensa...("se acha essa mãe")

Algumas vezes, quando eu peço pra ele fazer alguma coisa, ele responde: "Só se vc me der um beijo". Eu aguento?? Então sou obrigada a pegar e esmagar de tanto beijo.

Agora ele inventou a moda que ele precisa me abraçar bem forte e ficar bem GUDADO enquanto eu seco o cabelo dele, após o banho. Em um desses momentos de GUDE pós banho, eu disse pra ele que adorava ganhar abraço, mas nunca mencionei a palavra "grude" e ele então me respondeu:

"Mãe, eu adoro GUDE! Gosto de ficar abraçado bem GUDADO em você. Vamos descer e assistir um filminho GUDADOS??"

Quase derreti de tanto amor!!! Vou falar, realmente não sei o que fiz pra merecer esse GUDE todo, mas eu me aproveito demais dessa fase...É, porque uma hora ele vai enjoar, uma hora esse grude vai se transferir e eu vou ter que lidar com o fato de ele assistir filminho GUDADO em umazinha qualquer (rsrsrs!), mas por enquanto esse GUDE é meu e eu aproveito mesmo.

E o papai, que já tinha que "aturar" um micuim, agora tem que aturar dois!! :-))

Naninha gosta de carinho, colo, beijinho e abraço, mas ainda não podemos classificá-la com uma verdadeira micuim, já que essa categoria exije um gosto intenso pelo GUDE que ela ainda não demonstrou, mas eu estou doutrinando bastante, com muito beijo, aperto e amasso para que ela se junte a nós!!! :-))

(foto de um verdadeiro GUDE na festinha de dia das mães da escola)

27

segunda-feira, setembro 12, 2011


Mamatraca

A maioria dessa blogosfera linda já está sabendo que as queridas amigas Anne, Priscilla, Camila, Roberta e Carol criaram o delicioso site MAMATRACA. Achei a idéia incrível e uma delícia assistir aos vídeos das mamães tão queridas.

Eu, particularmente, DETESTO a minha voz chatinha. Quando eu era mais nova e deixava um recado no celular de alguém, sempre ouvia a gravação novamente antes de deixar o recado pra ver se a minha voz estava minimamente decente ou se precisaria regravar....rsrsrs

Só que amiga é assim, né?? Elas convidam e a gente aceita com o maior prazer....então eu to lá na "Colcha de Retalhos" contando qual o maior mico que eu já passei desde que me tornei mãe (e sim, claro....regravei umas duas ou três vezes até concluir que a minha voz é aquela mesmo e a única solução seria pedir pra alguém dublar...mas sei lá, acho que não ficaria muito bom, né??....rsrsrsrs).

Corre lá pra ver...o site está uma delícia!
7

quinta-feira, setembro 08, 2011


Revolta parte 2 - a conversa final

Então que no mesmo dia quando fui buscar o André, passei primeiro para conversar novamente com a diretora. Novamente muito atenciosa, ela me disse que verificou pessoalmente e, naquele dia, não houve qualquer direcionamento nesse sentido.
Conversou com todas as professoras e assistentes que ficam com ele e nenhuma delas disse ter falado qualquer coisa nesse sentido.
Orientou que deveriam reforçar que cada um usasse a mão que fosse mais fácil, que cada pessoa usa uma mão, que todas as mãos são certas, esse tipo de coisa. Pediu especial atenção ao André, observando atentamente se ele troca de mão e sempre ressaltando que ele pode usar qualquer uma.
Eu nunca vou saber se alguma das professoras ou assistentes mentiu ao dizer que nunca o direcionou, mas pelo menos sei que todas foram orientadas e que, certamente, não vai se repetir. Eu gosto muito da professora principal dele, acho muito competente, muito atenciosa e muito atenta à todas as crianças, então, sinceramente acho que ela não teve nada a ver com a história e que ela nunca o direcionaria nesse sentido. E agora que foi avisada sobre o problema, vai prestar mais atenção às assistente durante todas as atividades.
Eu fiquei muito satisfeita com o atendimento que tive na escola. Fui, como sempre, muito bem recebida pela diretora, que me ouviu atentamente e prontamente tomou providências no sentido de reparar o erro. A professora dele também veio conversar comigo e me tranquilizou bastante com sua disponibilidade em resolver a questão.
Ontem, o André estava pintando um livrinho de colorir que ganhou e nenhuma vez parou pra pensar em qual mão deveria usar. Trocava as cores normalmente, sempre segurando o giz de cera com a mão esquerda. Eu fiquei só observando e nem falei nada para que isso não vire um problema pra ele....pra ele deve ser uma coisa natural, como sempre foi.

Sinceramente fiquei bem mais tranquila com a atenção que recebi da escola. Fiquei certa de que todas as crianças receberão orientação adequada nesse sentido, e ainda, que fique o alerta para todo o treinamento da equipe, independente da idade da criança.

Obrigada por todo o carinho, meninas. Já estou bem mais tranquila.

16

segunda-feira, setembro 05, 2011


Revolta

To revoltada, triste e chateada com uma coisa que aconteceu.
O André é canhoto. Sim, é cedo e ainda não está 100% definido, mas ele faz tudo com a mão esquerda. Ele come com a esquerda, desenha, pinta, segura espada, passa sabonete pelo corpo, enfim...usa a mão esquerda com muito mais destreza.
Algumas vezes começava a comer ou a pintar com a mão direita, mas quando percebia que estava difícil, acabava trocando sozinho para a esquerda.
Eu nunca disse nada, nunca disse que deveria fazer as coisas com uma mão ou outra. Sempre deixei que ele escolhesse e fizesse com a mão que ele quisesse.
No meio da semana passada, ele estava pintando um desenho e não estava conseguindo colorir exatamente onde queria. Ele estava usando a mão direita e eu disse: "se está difícil com essa mão, por que vc não tenta com a outra?"
Então ele me respondeu: "Porque essa é a mão certa, a mão direita".
Tentei não dar muita ênfase ao assunto, mas já fiquei revoltada. Disse que não havia mão certa e errada, que ele sempre poderia tentar as duas e ver com qual mão ficaria mais fácil.

É grave, gente! Em primeiro lugar, até então ele nem sabia direita e esquerda, mas agora ele não só "aprendeu" qual é a mão direita, como ainda "aprendeu" que é essa a mão certa!

Ele só faz atividades de desenho e pintura em casa e na escola e como sou eu que fico o tempo todo com ele, tenho certeza que essa idéia não foi passada em casa.
Ontem estavamos fazendo pintura com aquelas canetinhas de pintar em tecido e ele usando somente a mão direita e com a mão esquerda embaixo da mesa. Toda hora ele me chamava pra ajudar porque não estava conseguindo fazer a letra dele (A) sozinho. Sugeri novamente que ele tentasse com a outra mão e ele conseguiu fazer a letra na primeira tentativa, o que comprova que ele realmente tem mais facilidade com a esquerda.
Antes de tentar ele disse novamente que estava usando a mão "certa" e então eu aproveitei para perguntar quem foi que disse isso e ele disse que "todo mundo" fala isso na escola.
Meu marido também notou que quando ele começa a fazer alguma coisa com a mão direita, ele sempre "esconde" a mão esquerda, colocando pra baixo (ai, que ódio....só de escrever isso já vai me dando mais raiva!)

Fui lá eu hoje, toda revoltada, conversar com a diretora e psicóloga. Falei que estava muito chateada, que era um absurdo alguém tentar direcionar qual mão ele deveria usar, que isso pode ser muito prejudicial, que estamos em 2011 e bla bla bla. Falei muito, disparei a falar até cansar porque estou realmente MUITO chateada com isso tudo.
Fiquei contente porque fui super bem atendida e super compreendida. Ela concordou comigo que era gravíssimo, disse estar muito chateada por ter acontecido isso na escola e me prometeu descobrir quem fez isso. Disse que vai orientar todas as pessoas que ficam com ele para enfatizar que cada criança deve escolher a mão mais fácil e que ela iria pessoalmente observar hoje todas as atividades do dia para ver como o estavam direcionando, antes de contar a qualquer professora sobre a nossa conversa.
Eu pedi que descobrisse quem efetivamente disse isso a ele, pois gostaria que essa pessoa conversasse novamente com ele se desculpando pelo absurdo e explicando pra ele que isso é bobagem.

To roendo todos os dedos de tãoooo nervosa...e já to contando os minutos pra ir buscá-lo hoje e ver o que vão me dizer...
29

quinta-feira, agosto 25, 2011


ARANHA!!!

Aqui em casa estamos vivendo uma febre dos super heróis. André acorda e vai dormir dizendo que é o Batman, o Super Homem ou o Homem Aranha!

Ele não tem as fantasias (ou melhor, tinha a do Homem Aranha, mas não serve mais), mas tem camisetas e todo-santo-dia é uma briga na hora de se vestir pra ir pra escola...ele pede, implora, suplica pra colocar sempre a camiseta de algum dos heróis e sempre promete que na hora de sair pra ir pra escola, ele vai tirar.

E tira mesmo, bonzinho. E então eu guardo a camiseta pra ele vestir quando voltar e ele sempre veste, assim que pisa em casa. É um sufoco colocá-las pra lavar, tenho que revezar para não ficarem as 3 lavando ao mesmo tempo.

O bom é que não importa se vamos ao parque, ao cinema, a um aniversário ou qualquer que seja o programa, a roupa é sempre a mesma - camiseta de herói. Se estiver calor só ela e se estiver frio, por cima de uma camiseta de manga comprida (que tem que ser absolutamente lisa para não estragar a camiseta do herói). Tantas camisetas lindas e ele só usa 3!! rsrs!

Um dia desses estavamos brincando no quintal e ele resolveu andar na bicicletinha (do Batman) que estava encostava num canto qualquer. Eu vi que havia uma uma aranha e falei pra ele sair de perto que eu (mega corajosa) iria tirá-la de lá.

Dei um pequeno safanão nela com uma revista e ela foi quase até o chão e subiu de novo bem rapidinho pela teia. Claro que a mamãe aqui já se arrepiou da cabeça aos pés e disse: "filho, tem teia....não vamos mais mexer nela e o papai tira ela daí quando chegar".

Ele diz, com um sorriso de orelha a orelha: "deixa que eu tiro, mãe...é SÓ uma aranha e se ela me picar eu vou MESMO virar o Homem-Aranha"

O que eu faço?

a) explico pra ele todos os perigos de uma picada de aranha, mencionando palavras como dor, veneno, soro, morte, entre outras.

b) ENFORCO a pessoa que assistiu com ele, na maior empolgação, aos três filmes do homem-aranha e ainda adora contar a história do Peter Parker com riqueza de detalhes (AKA marido).

c) digo que o homem aranha nem existe, que ele faz parte de uma história bem chata e besta inventada por algum velho insano que certamente não tem filhos (mesmo achando um absurdo falar mal do criador dos X-Men! rs!).
15

terça-feira, agosto 23, 2011


Minha Mãe que Disse!!!!

Hoje eu e a Lollis estamos no Minha Mãe que Disse!!!

Que honra!! Estou super feliz por estar lá no espaço tão lindo e delicioso das amigas queridas.
Super obrigada, lindas!

Corram lá pra ver e não deixe de dizer o que achou (foi um jeitinho fofo e sutil de dizer: COMENTEM, please!!! hehehehe)


3

segunda-feira, agosto 22, 2011


Final de semana cultural

O frio absuuuuuuurdo que fez esse final de semana limita um pouco as opções de lazer para os pequenos, então corremos passear.

Sábado fomos ao cinema assistir Smurfs. Almoçamos no shopping, o André iria assistir ao filme com o papai e eu voltaria pra casa com a Nana, mas como ela não tinha dormido (e como eu adooooooooro smurfs) decidimos levá-la ao cinema junto porque tinha certeza absoluta que ela iria dormir.
Veja bem, ela havia acordado 8h da manhã e a sessão de cinema era 14h30. Não dá pra não dormir, né?? Pois não dormiu!
Até que surpreendeu, pois agitada do jeito que é, achei que não ficaria parada nem 20 minutos, mas ficou 1 hora inteirinha! Adorava quando aparecia o gato Cruel e ficava gritando "Miau, Miau" - uma fofura! Uma hora de filme, deu siricutico na moça e tive que sair do cinema porque ela ficou impaciente e começou a chorar.
O André assistiu até o final e adorou! Segundo ele, só não gostou d0 "Gagamel, aquele homem mau".
Eu achei o filme bem apropriado para a idade dele, super levinho e super divertido!

No domingo fomos ao teatro no shopping Market Place. Era uma apresentação gratuita do grupo "Conspiração em Contos".
Adivinhem o que aconteceu?? NANA SUBIU NO PALCO.
Começou indo mais pra frente e eu fui deixando, afinal tinham várias crianças lá. Ela batia palminhas, cantava, dançava, olhava para a platéia pra ver se estava agradando, sorria pra todo mundo, mas ok, até aí tudo bem.
As outras crianças estavam sentadas no degrauzinho em frente ao palco e ela sentou junto, mas foi só eu piscar os olhos e ela subiu no palco e saiu correndo e rindo. Eu, toda vermelha, peguei a cacareca lá em cima e dei pro marido. Ela fez O ESCÂNDALO master e marido saiu com ela do teatro.
Eu fiquei lá dentro com o André, mas ele perdeu o interesse. A peça não o cativou, ele olhava um pouco, começava a brincar de homem-aranha, voltava a olhar e começava a brincar com o cordão do tênis. Enfim, não prendeu a atenção dele. Eu tentei animar, mostrava as coisas da peça super animada, batia palmas, cantava, mas ele acabou me dizendo que não estava gostando e quis ir embora.
Eu respeitei, afinal acho que ele ainda é pequeno e se não prende a atenção, não adianta mesmo insistir. Até porque ele já tinha visto outras peças e tinha gostado, então essa não agradou mesmo.
Eu achei um pouco paradinha mesmo pra idade dele, mas as crianças um pouco maiores estavam interagindo e gostando bastante.



(da esquerda pra direita, a Nana é a sexta, ao lado do André. Daí pro palco, foi um pulo....rs)
6

quinta-feira, agosto 18, 2011


Cuidado com os seus desejos!

Teve um dia, quando a Mariana ainda era um grãozinho de feijão dentro da minha barriga, que eu escrevi essa cartinha AQUI, onde desejei do fundo do meu coração que o feijão (que eu ainda nem sabia se era menino ou menina) e o Dedé fossem muito amigos.

Eu disse assim: E meu maior desejo é que você e seu irmão sejam muito amigos, que se entendam, se protejam, se defendam e até que se unam contra mim (rsrsrs!). Meu maior sonho é que vocês cresçam juntos e sejam companheiros pela vida toda.

E sabe aquela história que é pra ter cuidado com o que desejamos porque realmente pode acontecer??? Então....

Eles são amigos e se entendem. Brigam, é claro, mas se entendem.

Eles também se protegem. Fiquei sabendo pela professora do André que toda vez que ele encontra a Mariana na escola ele vai até ela, faz um carinho e pergunta se está tudo bem. Ela, por sua vez, quando o vê, grita "Dedéééééé" e corre para abraça-lo. (É de derreter o coração....ai, ai)

E, ontem, tive o primeiro exemplo de que eles já se unem contra mim. rsrsrs!

Como já disse aqui, a Mariana sobe EM TUDO (Veja só que CALMINHA ela - ela tinha 11 meses nessas fotos). Escala os móveis, sobe nos brinquedos, enfim, um furacão. Ela estava subindo na mesinha de plástico onde eles desenham e eu disse que não era pra subir.
Minutos depois eu ouço o André falar pra ela: "Nana, não sobe aí agora que a mamãe está olhando. Quando ela for pra cozinha, eu te aviso e você sobe"

Posso com isso???

E sabe o que é mais doido? Eu achei SIMPLESMENTE O MÁXIMOOOOO!!! :-))



19

quarta-feira, agosto 17, 2011


A mamãe e o cocô

Os intestinos do André e da Mariana funcionam super bem. Nunca tiveram problemas de prisão de ventre ou qualquer outra dificuldade.

O André faz cocô todos os dias pela manhã (e algumas vez faz novamente à noite) e a Mariana faz todos os dias, à noite, após o jantar!

Agora pouco me peguei pensando o seguinte: "Que bom que nenhum dos dois faz cocô enquanto está na escola, assim eu posso ver "a obra" e saber que está tudo bem".

E essa é mais uma das coisas que só sendo mãe pra entender....rsrsrsrs!
8

terça-feira, agosto 16, 2011


Galo na cabeça

Hoje o André bateu a cabeça na escola. Tropeçou subindo a escada, caiu e bateu a cabeça em uma parede, meio na quina. Foi feio, ele está com um corte e um galo gigantesco e bem roxo!

Me ligaram da escola logo depois que ele caiu e me informaram direitinho como procederam e me disseram que ele estava bem, brincando normalmente, sem tontura e sem dor de cabeça. Aliás, adorei a atenção da professora dele, que me deu o seu número de celular caso eu quisesse saber como ele estava.

Fui busca-lo e ele estava manhoso e começou a dizer que a testa estava doendo e quando chegamos em casa ele só quis colinho. Eu fiquei fazendo um cafunezinho nele e ele me disse: "quando você me faz carinho na cabeça, minha testa para de doer"

Eu quase morri do coração! Me deu uma vontade de abraçar forte, forte, forte e dizer pra ele que eu nunca mais iria deixar que nada acontecesse. É impossível, eu sei, mas foi só mais um dos momentos que eu parei pra pensar no tamanho do amor que a gente sente por essas criaturinhas e o quanto somos capazes de TUDO por eles.

Sei lá porque eu quis contar tudo isso....mas fiquei sensível com o que ele me disse e feliz por ser capaz de aliviar um pouco a dorzinha dele, nem que seja só pela sensação de bem estar e conforto que pude transmitir.

(Ai como eu amo.....)

9

segunda-feira, agosto 15, 2011


Caça ao tesouro

Acho que já comentei aqui no blog que aqui em casa nós não gostamos muito de comemorar dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, dia das crianças, etc.

Só que agora o André sabe que as datas existem (já que passa a semana na escola falando sobre isso e se preparando pra festinha), então também não acho legal deixar passar em branco. Decidi então fazer uma brincadeira aqui em casa mesmo para homenagear o papai.

Preparei uma caça ao tesouro. Fiz 12 pistas e colei pela casa toda. As pistas eram bem fáceis, já que a idéia era que o André conseguisse adivinhar para "ajudar" o papai. Eram pistas do tipo: "tudo que você colocar dentro de mim vai ficar muito gelado" - geladeira, "se você quiser dormir balançando, eu sou o lugar certo" - rede, "sou uma casa bonita e quentinha, mas você não cabe dentro" - casa dos gatos, entre outras.

Foi super gostoso ver o André brincar de caça ao tesouro com o pai. A carinha dele quando adivinhava o lugar e encontrava outro papel colado era a coisa mais linda do mundo. Abria um sorriso enorme! E também engraçado ver as respostas erradas dele...

Uma das pistas era "Se estiver muito frio, eu posso deixar a sala bem quentinha". A resposta era lareira, mas ele foi procurar no meio de um edredon que fica em cima do sofá e ele usa para se cobrir e assistir um filminho à noite!!! Achei fofo! :-))

A última pista levava ao presente do papai, que nada mais era do que um cartãozinho e uma foto impressa, para colocarmos em um porta retrato que já tinhamos em casa e que estava vazio.


Foi uma delícia: o André se divertiu com o papai e gastamos pouco mais de um real para imprimir uma foto em tamanho grande. Foi uma ótima maneira de mostrar na prática como podemos comemorar e homenagear o papai sem cedermos ao apelo comercial da data.


* A Juliana do blog "Fala, mãe" me convidou para escrever um texto sobre a amamentação dos meus pequenos e, é claro, eu escrevi. Hoje eu estou por lá...dêem uma olhada!!!!

9

sexta-feira, agosto 12, 2011


SUPER NOVIDADE!!!


Finalmente vou contar uma novidade deliciosa pra vocês.

Lembram que eu disse ter uma amiga querida que fez a decoração maravilhosa da festa da Nana? Então, nos tornamos sócias na Lollis e estou super feliz por contar essa novidade pra vocês.

A Lollis é uma empresa de decoração e organização de festas e o nosso conceito é dar à sua festinha uma cara de festa feita em casa com um trabalho artesanal e exclusivo. Sua festa não será igual a nenhuma outra, será só sua, com a sua cara e com a sua personalidade!

Além da decoração, podemos cuidar ainda de todo o pacote - organizamos a sua festa inteirinha (buffet, brinquedos, atrações...) da maneira que você desejar. Sua festa vai ficar linda e perfeita sem que você tenha trabalho.

Quem tem o talento criativo é a Carol, que faz coisas lindíssimas, tem uma criatividade inesgotável, um bom gosto fora do comum e, o mais bacana, consegue executar exatamente o desejo da criança (ou da mamãe).

E eu entro com o talento "freak organizer" - cuido da parte administrativa e vou passar a movimentar as redes sociais em nome da empresa (vai ser um suuuuper sacrifício pra mim...rsrs) para divulgar o nosso trabalho.

Obviamente, eu conto MUITO com vocês, amigas queridas. Dêem uma olhada no site, opinem, critiquem, elogiem e, se gostarem, indiquem e espalhem a notícia, pleeeeeease!
Vou adorar saber a opinião de vocês!!!

Eu estou super animada e super feliz com essa empreitada! Se puderem, sigam a Lollis no twitter e curtam a Lollis no facebook, assim ficarão sempre sabendo das nossas novidades. Vou amar ter vocês por perto!!!

No site vocês conseguirão ver fotos de várias festinhas. A festa da Nana é a Festa Joaninha (a mais linda de todas até agora....mas shhhhhhhh, não espalha...rsrs!). Como eu não resisto, vou colocar mais algumas aqui:







Ah, e se vocês passarem por perto de alguma Ri Happy, entrem e peguem a Revista Festas, de distribuição gratuita. Saiu uma matéria da Lollis lá, com essa mamy aqui e a princesa Nana nas fotos que ilustram a matéria.
A revista também pode ser vista online AQUI, é só clicar no menu (embaixo, à esquerda) em "para os filhos, com carinho", que já cai direto na matéria!!!

Créditos:
As fotos da festa da Nana são de autoria da Daniela Leme, outra amiga querida!!! :-))
O site lindo da Lollis foi elaborado pelo pessoal mais que querido da Conect Design !!
O modelo lindíssimo que ilustra a terceira foto fui eu que fiz!!


20

terça-feira, agosto 09, 2011


Carioquinha

Como sabem, eu sou paulista e o marido é carioca. Os dois pequenos nasceram aqui, mas vamos bastante ao Rio visitar os avós, tias, etc.
O André tem muito de carioquinha no sangue e eu morro de rir. Pra começar, sempre que volta de lá, passa um tempão falando algumas palavras com um mega sotaque: maixxx (pra mas), Thorrrr, não goixxxto (pra não gosto), entre outras.

Até que fomos passar férias na Bahia. Primeiro dia do André na praia e ele surtando de brincar na areia, no mar, correr, pular até que sente falta de alguma coisa:

-Mãe, quero bixxxcoito Globo.
-Aqui não tem biscoito Globo, filho.
-Então eu quero ir pra praia da vovó que tem bixxxcoito Globo e Mate.

Posso com filho desprezando a Bahia??? Sacrilégio!! rsrs!

Ontem, ele me pediu de presente uma roupa do Super-Homem, uma roupa do Batman e uma roupa do Homem-Aranha. Eu disse pra ele escolher uma delas e pedir ao Papai Noel. Ele respondeu:
-Mãe, você tem que me dar! Não adianta eu pedir pro Papai Noel porque ele só vai lá no Rio de Janeiro, ele não vem aqui "NO" São Paulo!!!

Isso porque Natal passado estávamos no Rio, e então eu expliquei que o Papai Noel vai a todos os lugares e que esse ano ele passaria sim aqui "EM" São Paulo. E ele novamente retrucou:

- Então eu posso pedir um presente pro Papai Noel de São Paulo e outro pro Papai Noel do Rio de Janeiro?
-Não, filho. É o mesmo Papai Noel que passa nos dois lugares. Ele vai muito rápido de um lugar pra outro e por isso que é difícil encontrá-lo, porque ele passa bem rápido em cada casa.
-Já sei. Eu peço a roupa do Super-Homem pro Papai Noel do Rio (mãe completamente ignorada!), coloco a roupa, vôo muito rápido pra São Paulo e chego antes do Papai Noel me dar a roupa do Batman aqui.

Tudo bem que eu sou mãe e sou babona, mas eu achei demais essa malandragem e esse raciocínio dele!!!

*Gente, finalmente estou de volta pós férias, pós adaptação da Nana. Agora vou atualizar toda a leitura dos blogs amados e postar com mais frequência.

** Depois que escrevi no post anterior que "estava com uns projetos" me senti ridícula dando resposta de modelo/atriz e apresentadora!! rsrs! A verdade é que comecei sim a trabalhar e estou preparando um post lindo pra contar a novidade e explicar tudo direitinho!

*** E pra finalizar a minha fase preciso me atualizar urgente: Claro que eu estou participando do sorteio de lançamento do Minha Mãe que Disse!!!!! O site está uma delícia, com postagens incríveis...quem ainda não conhece, corre lá!!!



0

quinta-feira, agosto 04, 2011


Adaptação da Nana

Adaptação? Quem é que precisa de adaptação mesmo? A Nana não precisou...
Desde o primeiro dia ficou bonita na escola, me dá tchauzinho e tudo. Come direitinho, dorme um soninho gostoso, brinca muito, participa de todas as atividades - uma moça!!
Ela volta da escola super felizinha e animada e tudo leva a crer que a experiência está sendo bastante positiva pra ela.

O André mudou muuuuito com a Nana na escola. Ele não reclama mais pra ir, fica na escola numa boa, está gostando muito de ter a irmãzinha por perto (ainda mais por saber que ela não está comigo). Hoje a professora da Nana me contou que nas duas vezes que ele encontrou a Nana, ele foi até ela e fez um carinho....ele não disse nada, só fez um carinho no cabelinho e voltou ao que estava fazendo. Não é pra morrer de tanto amor?

Eu fiquei toda emocionada quando ela me contou e à noite, em casa, ele me contou também. Ele disse que fez carinho na Nana duas vezes e que ela estava muito bonita na escola, sem chorar.

E como estamos ainda em adaptação, eu tenho ficado por lá um pouco e então hoje a psicóloga da escola veio conversar comigo e dizer que está muito orgulhosa de mim, que eu nem pareço a mesma mãe que fazia aquele escândalo na adaptação do André...hahaha. Comecei a gargalhar e, é claro, culpei os hormônios. Essa não é uma das coisas ótimas da gravidez? Poder culpar os hormônios de tudo?? rsrsrs!

Pra quem não acompanhou, eu fiz adaptação do André na escola quando estava grávida de 8 meses da Nana. Ele chorava um pouquinho pra me dizer tchau e eu descia a rampa da escola chorando de perder o ar. Conversava com a psicóloga, dizia que ia tirá-lo da escola, que ele não estava preparado e bla bla bla.

A psicóloga disse que até hoje eu sou a detentora do recorde do escândalo materno na adaptação....hahaha. E eu dou risada, né? Fazer o que??

Na segunda vez está sendo tudo muito mais fácil. Primeiro porque é a segunda vez, então já sabia como seria e o que me esperava e segundo porque a Nana não deu nenhum chorinho, não demonstrou sentir nem um pouco a minha falta (percebe que eu tenho CERTEZA que ela sente muuuuuuito a minha falta, mas só não demonstra pra não me deixar chateada...rsrsrs!,) então tudo está tranquilo e eu estou cada dia mais segura de termos tomado uma ótima decisão ao colocá-la na escola.

9

quarta-feira, agosto 03, 2011


tesoura


Lembram que o Dedé quer ser adulto para, entre outras coisas, poder mexer com tesoura?
Então, quando fui à Kalunga comprar uma mochilinha pra Nana, acabei comprando uma tesoura infantil pra ele.
Esperamos uns dois dias de aula e como ele se comportou super moço, ficou bonzinho, sem chorar e ainda por cima "cuidando" da irmã, nós dissemos a ele que ele estava merecendo um presente de menino grande.
Explicamos que mesmo sendo tesoura de criança também pode machucar e dissemos que a tesoura ficaria sempre guardada com a mamãe, de modo que ele só poderia usar com um adulto por perto.

E gente, eu to contando tudo isso pra dizer que há muito tempo eu não o via tão feliz com um presente. ELE AMOU! Está se sentindo O menino grande, um fofo! É só mais uma prova de que criança gosta mesmo das coisas mais simples do mundo.
Papai trouxe papéis de rascunho lá do escritório e ele está se divertindo MUITOOOO!


*** Ai, para tudoooooooooooo:
Enquanto escrevo esse post, o André veio me pedir pra contar a história de quando eu ganhei a minha primeira tesoura....
Quando demos a tesoura pra ele, eu contei PRO MARIDO (e não pra ele) que quando minha mãe me deu uma tesoura pra brincar pela primeira vez, ela não me deixava cortar papel, mas só papelão. E então machucava meu dedo e eu não queria mais cortar.
E eu acabei de repetir essa história pra ele e ele me disse: "se você quiser eu te empresto a minha tesoura de criança e deixo você cortar um papel bem molinho. E quando a sua mãe vier aqui eu vou brigar com ela porque ela não deixou você cortar papel"

Mãe, se prepara pra bronca, tá?? hehehe
Como é FOFO, meu Deus!!!

E depois dessa interrupção eu já me perdi e nem sei mais como eu ia concluir esse post...rsrsrs!
7

segunda-feira, agosto 01, 2011


Hoje

Hoje começam as aulas!
O André volta às aulas e a Nana terá o seu primeiro dia de aula.
Eu to tensa e apreensiva, embora a decisão tenha sido muito bem pensada:
1) Ela é super agitada e vai gostar muito de interagir. Todas as vezes que ela vai comigo levar o André, ela sai correndo pro meio do parquinho e fica super solta, adora! Gosta muito de brincar com crianças e achamos que a convivência será ótima.
2) A mamãe aqui, após 3 anos se dedicando exclusivamente à maternidade, pretende trabalhar durante as horas que eles estarão na escola. O esquema continuará o mesmo, eu continuarei cuidando sozinha dos dois e trabalharei enquanto eles não estiverem em casa (vou contar sobre esse projeto no próximo post!)
3) A professora dela vai ser a mesma que foi primeira professora do André, o que me passa a mais total e completa segurança de que ela estará super bem cuidada e que será muito bem estimulada.
4) O André está curtindo bastante o fato de ela ir pra escola com ele....diz o tempo todo que vai cuidar dela e hoje disse que se ela chorar ele vai dizer pra ela que não precisa.(fofooooo!). Nesse ponto eu acho que, mesmo inconscientemente, ele está gostando de saber que ela não passará mais tempo comigo do que ele. Ele sempre reclamava que ele ia pra escola e ela "podia" ficar comigo.

Enfim, adoramos a escola deles e achamos que será ótimo para a Nana e para todos nós.

Tudo isso até chegar o dia. Daqui a pouco vou começar a aprontá-los pra escola e já estou nervosa e apreensiva. To quase me arrependendo, to achando que ela ainda é um bebê, que vai morrer de saudades e que não vai ficar bem.
To achando que ninguém vai ter paciência com os escândalos dela (sim, gente...é só ouvir um "não" que a moça grita e se joga pra trás - drama queen total) e que só eu entendo tudo o que ela fala ou pede.
Ai ai...
Já sei que todo esse medo vai passar assim que ela estiver bem adaptada, mas estou super ansiosa com esse começo...já fico imaginando a casa vazia, à tarde, sem os dois. Síndrome do ninho vazio precoce. rsrsrsrs!

Logo mais eu volto pra contar como foi.

beijos e boa volta às aulas pra todas as criancinhas lindas dessa blogosfera!
14

terça-feira, julho 26, 2011


Adulto

Meu filhote agora cismou que quer ser adulto, fica perguntando o que é de adulto e o que é de criança, está doidão com o assunto.

Outro dia ele disse que queria ser adulto pra fazer um monte de coisas que criança não pode fazer. Então eu perguntei o que ele queria fazer e ele respondeu:
Justificar
1- mexer com tesoura
2- mexer com faca
3- beber cerveja

Devo me preocupar?? rsrsrs!

Meninas, obrigada pelo carinho no post anterior. Estou voltando aos poucos (até porque com duas crianças em férias e a Santa Genilda tb em férias não poderia ser diferente. Estou fazendo tu-do sozinha - lavando roupa de 15 dias em férias, cozinhando, passando, limpando, tudo com duas crianças me seguindo....rsrsrs! SOCORRO!)

Em breve, post com as melhores fotos das nossas férias na Bahia...ai como é difícil voltar!!!
11

terça-feira, julho 19, 2011


Time off

Amigas amadas,

Vocês não imaginam como me deixam feliz. Eu fico um tempinho longe e sem dar notícias e recebo tantos e tantos emails carinhosos perguntando se está tudo bem. LINDAS!! Por essas coisas que a cada dia que passa eu amo mais e mais esse bloguito.

Obrigada por tanto carinho!!! :-))

Meu sumiço começou por um ótimo motivo: férias. Eu e a família fugimos do frio e estamos curtindo uns dias deliciosos de sol. Eu planejava postar algumas fotos, mostrar como a Nana está uma delícia de maiô e o tanto que o André está aproveitando, mas então eu recebi uma notícia que me tirou do eixo e esse é o segundo motivo do meu sumiço.

Uma super amiga minha, grávida de 7 meses, perdeu o marido de uma forma trágica e eu estou absolutamente arrasada. Eu prefiro não dar muitos detalhes para preservar o momento de recolhimento da minha amiga querida, mas queria pedir para que lhe mandem, de qualquer forma que acreditarem, energia positiva para que passem por essa fase da melhor maneira que for possível.

Eu preciso de um tempo. Não estou muito no clima de ler os bloguitos que eu tanto amo...simplesmente não estou conseguindo. Espero que me entendam, que não fiquem chateadas pela minha ausência temporária e, especialmente, que não me abandonem, tá??

Assim que eu conseguir organizar o meu pensamento e melhorar um pouquinho o meu astral eu volto, tá?

Agradeço novamente pelo carinho e pela preocupação - VOCÊS SÃO LINDAS!!!! Amo muito vcs, minhas amigas "virtuais" que são tão presentes na minha vida, que já se tornaram reais há muito tempo.

Um beijo enorme, Re
12

quarta-feira, julho 06, 2011


Sem frescura, por favor!!

Eu era fresquinha, tinha nojo de muitas coisas (ralo de pia, cocô, meleca de criança...). Obviamente quando virei mãe todos esses nojinhos desapareceram por completo...e nem tinha como ser diferente.
Só que, gente, ainda morro de nojo da água do vaso sanitário.
Outro dia estava em casa sozinha com as crianças, já tinha puxado a descarga e caiu uma pecinha do redutor de assento lá dentro. A água estava limpinha, eu tinha luvas de borracha em casa, cheguei a vestir as luvas e não tive coragem de pegar. Juro que ensaiei, tentei, mas não rolou...esperei o marido chegar em casa pra ele pegar.
E ele, obviamente, não perdeu a oportunidade de me atazanar a vida:

- E se a sua aliança tivesse caído, o que vc faria?
- Pediria pra você pegar.
- E se caísse em um banheiro público?
- Pediria pra tia da limpeza.
- E se não tivesse ninguém?
- Ofereceria pagamento em dólar pra quem pegasse pra mim.
- Mas você nunca anda com dinheiro nenhum, muito menos dólar.
- Faria um cheque.
- Mas e se fosse um banheiro sujão, porcão, tipo de posto de gasolina?
- Não pararia nesse banheiro se você não estivesse junto...

Enfim, fui enrolando como pude, tudo pra não ter que falar claramente que eu jamais colocaria a mão na água (eca) do vaso sanitário.

Até que ontem, corri para o banheiro com o André pra ele fazer xixi. Agora é assim, ele fala "xixiiiiiiiiii" e saimos correndo pro banheiro e ele, moço que é, sobe no banquinho que fica em frente ao vaso, abaixa a calça e faz xixi sozinho (sim, pinga pelo banheiro todo e eu tenho que limpar em seguida, mas é xixi e não água do vaso!). Quando se concentrou pra subir a calça e a cueca, desequibilbrou do banquinho e como a tampa do vaso estava aberta, caiu com os dois braços inteirinhos na água do vaso com xixi!!!
Mereço??
E quem é que teve que limpar tudo? Ele + o chão molhado? Quem? Quem?
A fresquinha aqui.
E lá se vai mais uma frescurite...rs!
24

terça-feira, julho 05, 2011


3 anos do Dedé

Meu anjinho,

Hoje é seu aniversário de 3 anos e eu estive ao seu lado o tempo todo. Já comemoramos tantas conquistas suas e ainda temos tanto a comemorar que eu só posso desejar estar sempre por perto, acompanhando todas as fases da sua vida.
Eu sei que um dia eu vou deixar de ser a mulher mais linda do mundo pra você e tb sei que uma hora vc nao vai querer mais dormir passando a mão nos meus cabelos, mas pra mim nada vai mudar - você vai ser pra sempre o menino mais lindo do mundo e eu vou querer sempre segurar na sua mãozinha e te abraçar quando você tiver medo, do que quer que seja!
Você é um lindo. Um menino tímido, super carinhoso, muito inteligente e com uma memória incrível. Adoro cada tracinho da sua personalidade e te acho o mais brilhante de todos os meninos. Você é um menino incrível e cada dia mais eu tenho a certeza de que vc é mesmo um anjinho que veio para iluminar a minha vida, e junto com a sua irmã, são os maiores e melhores de todos os presentes que eu já ganhei.
Você está agora na fase dos heróis, só quer saber de brincar de Batman, Homem-Aranha, Thor, Super Homem, etc. e eu acho um barato ver vc lutando contra os bandidos. Ontem a noite o Batman estava salvando os três porquinhos do lobo mau. Não é o máximo isso? Vc mistura todas as histórias, coloca os super heróis no meio delas e eu acho tudo muito engraçado. Adoro principalmente ouvir as histórias que vc conta, tanto as que aconteceram de verdade que vc conta nos mínimos detalhes, quanto as histórias que vc inventa, misturando tudo.
Sempre que eu começo a falar pra vc tudo o que vc é pra mim, vc me interrompe. Eu começo a dizer: vc é meu lindo, meu gato, meu anjinho, meu amor, minha vida, meu príncipe, meu cheiroso, meu delicioso....(não tem fim...) e vc me interrompe dizendo que é só meu príncipe e não é o resto...mas vc adora ouvir tudo isso. Eu também não posso dizer que você é meu amigão porque então você diz que é o amigão do papai! E eu fico toda derretida.
Ver você junto com o seu pai ou interagindo com a sua irmã me faz sentir a pessoa mais feliz, completa e abençoada desse mundo, com a certeza de que eu tenho tudo que qualquer pessoa poderia desejar.
Feliz aniversário, meu amor. Só desejo que vc continue sendo sempre esse menininho tão especial que vc é e que alegra cada minutinho da minha vida. Desejo que vc tenha muita saúde sempre, que tenha sempre bom humor pra lidar com os seus probleminhas, que vc tenha sempre muita alegria e alto astral porque assim tudo é muito mais fácil e desejo, acima de tudo, que vc saiba que eu estarei sempre aqui ao seu lado pra tudo que vc precisar, meu amor!
No dia das mães você me disse que eu sou a melhor mãe do mundo e hoje, no seu aniversário, quero que saiba que VOCÊ é o melhor filho do mundo e que eu te amo muito mais do que vc é capaz de compreender e muito mais do que as palavras possam descrever.
Parabéns!!!
beijo, beijo, beijo da mamãe

(meu titiquinho cresceu....)
21

quinta-feira, junho 30, 2011


Do contra

Esse é a versão 3 anos do André - ele contraria tudo o que a gente fala e faz. Nada nunca está certo, só está legal quando é do jeito dele.

- Filho, vamos subir pra tomar banho?
- Não, mãe, quero brincar mais um pouquinho.

ou

- Filho, você pode brincar mais um pouquinho enquanto eu dou banho na Nana e depois você toma.
- Não, mãe, quero tomar banho agora.

Sacaram? Só pelo prazer de contrariar. Se eu estou enxugando ele quer o pai, se o pai está colocando a roupa, ele quer a mãe. Se eu falo pra ele comer sozinho, ele quer ajuda. Se eu começo ajudando, ele quer comer sozinho. Se eu ofereço maçã (que ele AMA) ele fala que não gosta e que quer manga. Se eu ofereço manga, ele quer maçã.

(Sim, Renata, todo mundo já entendeu, pode parar de dar exemplos!!!)

Essa fase é absolutamente irritante. Agora aprendi a falar sempre o contrário do que eu quero que ele faça para que ele mesmo possa sugerir o que deve fazer, mas caaaaaaaansa, viu??

Ele quer mostrar que tem opinião própria, que é grande e sabe decidir o que quer...mas não se trata de opinião, se trata apenas de ocntrariar o que a gente diz. E dá um trabalho danado converncê-lo do que precisamos que ele faça.

É fase?? Será?? Alguém??

Sim, eu sei que vai passar, mas tá chata essa brincadeira!!! rsrs!
16

quarta-feira, junho 29, 2011


Nana terrível

Um belo dia deixo a Nana sozinha na cozinha por pouco mais de um minuto e quando eu volto vejo a menina de cabeça pra baixo e meu coração quase saiu pela boca com medo de ela cair de cabeça e ela gargalhava como uma maluca.

A partir de então, ela faz isso todas as vezes que entra na cozinha, então eu pedi ajuda ao marido porque eu TINHA que filmar isso, senão ninguém acredita quando eu conto...rsrsrs!

E a solução vai ser tirar o cadeirão da cozinha porque não tem jeito de ela parar de fazer isso!!!

Quando me perguntam se eu quero outro filho, respondo que a Nana vale por 5!!! rsrsrs!


video

OBS.: Mãe, isso é um vídeo. Clique no triângulo para assistir!!! :-))
20

sábado, junho 25, 2011


Festa da Nana

Eu prometi fazer um post contando tudo sobre a festa da Nana e foi passando e ainda não fiz, então chega de adiar.

Em primeiro lugar eu quero dizer que quem tem amigos tem tudo nessa vida. E eu tenho a sorte de ter uma amiga decoradora de festas infantis e uma amiga fotógrafa!!! Quer mais o que pra ter uma festa linda???? Uma aniversariante super gata, e isso eu também tenho :-))

Sobre a decoração MARAVILHOSA que a Carol fez pra festa com o tema de joaninhas (escolhido pela mamãe aqui) eu vou fazer um post especial mostrando os detalhes lindos de morrer e fazendo a super propaganda que a amiga merece.

Hoje eu vou falar sobre as fotos. Gente, ficaram INCRÍVEIS e eu me emociono todas as vezes que vejo. Ela conseguiu retratar toda a alegria que nós estavamos sentindo naquele dia e todo o clima delicioso da festinha. Eu não só indico como acho que todas as pessoas do mundo tem que contratá-la para as festas porque terão uma recordação linda pra toda vida.

Aqui está o site da Dani e AQUIIIIIII estão as fotos do aniversário da Nana pra quem quiser ver. Vejam só como a Nana está mega princesa e como o André se divertiu...eu AMEI as fotos do pé sujo!! rsrsrs

Obrigada, Dani. Eu mudaria de novo a data da festa pra vc poder fotografar... :-))
17

quarta-feira, junho 22, 2011


Viva EU!!!

Eu adoooooooooro fazer aniversário! Fico feliz, animada e super de alto astral. Adoro receber o carinho das pessoas, as palavras doces, as mensagens, adoro.
Passo o dia inteiro sorrindo.
Nem me importo com a idade. To ficando mais velha sim, é inevitável, mas estou muito mais feliz do que jamais imaginei estar aos 34 anos!!
Feliz de verdade e completamente realizada com a minha vida.

Dá pra ser melhor??

Então um brinde: tim-tim!!
30

quarta-feira, junho 08, 2011


Circo Vox

Sábado foi dia de pintura e domingo foi dia de circo.

Juntamos muuuuuuuitas crianças e fomos ao circo. Foi muito, muito, muito legal. Fazia muito tempo que eu não ria tanto. Os artistas são muito talentosos, o espetáculo é lindo e nos divertimos muito.


O André reclamou um pouco no começo porque tinha um palhaço chorão...ele ficava perguntando por que o palhaço estava triste e chorou também. No mais, ele adorou e já me disse que quer ir de novo ao circo!!!
O auge da diversão foi quando chamaram o papai dele, meu maridão, para participar do espetáculo. Era um número em que os adestradores (palhaços) tinham que domar o leão e, no caso, maridão fez o papel do leão. Ele é mega tímido e eu olhava pra cara dele "sofrendo" por estar lá e chorava de rir. O André ficava falando "o papai adora brincar com os palhaços, né?" e morria de rir também. Foi demais e eu super recomendo.


Ouvi falar do circo por indicação da Pati e agora eu também indico como um programa delicioso em família. Vejam o site deles AQUI!
15

segunda-feira, junho 06, 2011


dia de pintura

Sábado tava um friozão, então peguei as tintas para entreter as crianças. Foi a primeira vez da Nana na arte de pintar com tintas e pincéis. rs!
Coloquei um tapetinho de EVA no chão pra salvar um pouco do meu chão e dei as tintas pra galera...

No começo eu até tentei ajudar a Naninha....mas durou pouco, muito pouco

Em poucos segundos, a roupa já estava toda azul, assim como mãos, rosto, tapete, tudo...

Dedé resolveu dar um toque de mãos na sua linda obra de arte.

Na direita apresento a belíssima pintura da Nana e na esquerda, a impressionante arte do Dedé.

Nem preciso dizer que a minha roupa também ficou tingida, né? Bem feito, né mãe, quem mandou brincar de pintura usando calça branca???

Muita sujeira, mas muuuuuuuita diversão! rsrsrs!
23

sexta-feira, junho 03, 2011


Fica aqui mais um protesto #basta

Eu sou chata com comédia. Não gosto de filmes de comédia...não acho graça na maioria das piadas, não consigo rir. São pouquíssimos os filmes de comédia que eu posso dizer que gosto (acho que uns 2).
Também sou chata com humoristas e programas humorísticos. Tá, eu sou chata com muitas outras coisas, mas realmente não consigo ver graça na maioria das piadas, sempre acabo achando forçadas, apelativas e preconceituosas. Não sou super politicamente correta, mas também acho ridículo o humor se apoiar no politicamente incorreto. Humor negro (olha aí uma definição preconceituosa) - detesto. E o que eu detesto ainda mais é preconceito.
Todos e de qualquer tipo - detesto!
Muito antes do André nascer eu ficava me policiando para não fazer comentários preconceituosos para que isso não passasse para ele da forma natural como passou pra mim, já que alguns comentários nem parecem preconceituosos ou ofensivos, mas são. Chamava atenção do marido para todos os comentários sem graça como "mulher no volante" ou "loira não entende a piada", entre outros. Tudo isso porque quero que o meu filho cresça livre desses pré conceitos e aprendendo a respeitar todas as diferenças, sejam elas de cor, de altura, de peso, religiosas, políticas, futebolísticas, etc. Quero que entendam que as pessoas podem ser diferentes, podem pensar diferente da gente e quem por isso precisam deixar de ser nossos amigos, que podemos expor o nosso ponto de vista sem magoar ou desrespeitar quem é ou quem pensa de outra maneira.

Digo tudo isso pelo seguinte. Os humoristas do CQC (confesso que NUNCA assisti o programa. Já fui ao stand up do Rafinha e achei muito divertido, mas o programa eu realmente nunca vi) fizeram piadinhas extremamente desrespeitosas e preconceituosas com as mulheres que amamentam em público.

Alguns comentários aqui:

“Por que cargas d'água tem aquela mãe que enfia a teta nas caras das pessoas na rua, véio? Mano, vai prum banheiro, c*ralho, porque a gente olha, não tem como.”

“Não precisa tirar aquele mamilo, que mais parece uma, que parece um rocambole."

"Amamentar é um pretexto, porque no fundo o que a mulher quer mesmo é mostrar os seios."

“É que quem quer mostrar a teta é quem não deveria querer mostrar. Nunca é aquela gostosa. Geralmente é aquela mãe com aquelas buchibas”. E os três lamentaram por nunca terem visto a Giselle Bundchen amamentar, apenas aquela mulher “que não precisa de um sutiã, precisa de joelheira”.

Sério, gente, alguma pessoa normal consegue ver graça nesses comentários? Eu não! Acho ridículo, porco, preconceituoso ao extremo.

Exageraram, né?

Eu sempre amamentei em público, em qualquer lugar e na frente de quem quer que fosse: amigos meus, amigos do meu marido, meu sogro, garçons, funcionários, enfim qualquer pessoa, fossem homens ou mulheres. André ou Mariana queriam mamar e eu amamentava, simples assim. Sem nenhuma outra preocupação que não fosse alimentar os meus filhos.

E então acabo de descobrir que o que eu estava mesmo era querendo mostrar o peito! Afe, socorro, tem que ser muito doente!!!

#BASTA




14