quinta-feira, março 11, 2010


Escola

Em primeiro lugar, queria agradecer por todas as dicas, conselhos e opiniões. Eu reli mil vezes, falei pro maridão ler também e todas as opiniões foram super importantes para tomarmos a nossa decisão.

Acabamos optando pelo período da tarde, especialmente por poder contar com a ajuda do maridão pela manhã, quando poderemos revezar - de vez em quando ele fica com o Dedé pra eu ficar com a Nana e de vez em quando ele fica com a Nana pra eu corujar o Dedé.

Começamos a adaptação na quarta-feira (começariamos na segunda, mas estávamos - eu e ele - com febre) e ele ficou super bem. Claro que me chamou algumas vezes e quis ficar pertinho de mim, mas no geral brincou bastante com as tias e com as outras crianças.

Fiquei toda emocionada vendo o pequeno super independente sentado na mesinha tomando lanchinho com as outras crianças...fiquei de longe chorando que nem uma bobona!!

Hoje fiquei mais de longe, com algumas saídas mais demoradas pra ir ao banheiro e as professoras disseram que ele me chama bastante, mas elas explicam que eu volto mais tarde e ele fica numa boa. Não chorou nenhuma vez!! (e eu, que não sou boba nem nada, estava vendo tudo de longe atrás de uma árvore - olha o vexame - e vi que ele não chorou mesmo!!!)

Tanto ontem quanto hoje ele veio embora chorando porque queria ficar mais e chega em casa todo felizinho cantando as musiquinhas da escola, um lindo!!!! Acho que mais uns dias e ele já vai ficando mais seguro, não é mesmo?

Quanto tempo demorou a adaptação de vocês? Ai, já to enchendo todo mundo com tantas perguntas, né?? rsrsrs!!!
10

10 comentários:

Patrícia Boudakian disse...

Re, venho aqui agradecer por todo carinho. Você é uma fofa. Com certeza compartilharei contigo todos os momentos desta minha fase. Desde os gatinhos rs. Olha, estou super bem. Melhor a cada dia. Logo estarei pronta para novas tentativas.
Um super beijo e boa sorte com os pequenos.
Vamos animar um encontro?

piscardeolhos disse...

Ah, pela rapidez na adaptação, já já ele vai estar se sentindo em casa. Piscar o olho e ele vai te apresentar a Fernandinha, pensou?
Noah foi igualzinho, nem olhou pra trás. Aliás, olhou sim. Olhou, sorriu e disse "tauô" (tipo, tchau mãe?)
Tem dias, porém, que por mais adaptados que estejam, eles dão uma choradela picaretinha na hora que vc diz tchau.
Eu geralmente me escondo e espero pra ver se passa. Juro que dura uns 20 segundos e ele já está brincando e sem resquicio nenhum de chororô.
Que bom que deu tudo certo, que ele reagiu tão bem.
Uma nova etapa na vida de vcs, certamente.
Como eu comentei anteriormente, benvinda ao mundo do "onde raios". Onde raios vc aprendeu essa musica/essa dança/que o nome disso é unha/como tocar pandeiro..."
Enfim, eles crescendo.
Beijos!

♥Andréia♥ disse...

Ah não é pra menos, eu acredito que quando a Gi for pra escola eu vou chorar rios!!!!
*
E a Mariana tá pra chegar heim?
Que gostoso! ;D

Beijos!!!

Bianca disse...

Ri sozinha aqui em casa, imaginando a cena da barrigudinha atrás da árvore :)
Que bom que Andre está se adaptando! Acho que quem sofre mais nesta fase de adaptação é a mãe...
Boa sorte por aí!
Ah, e a barriga está linda!
Beijos!

Sarah disse...

Oi Renata! Conheci seu blog por meio do da Roberta, do Meu projetinho de vida.
O dilema da escolinha é difícil mesmo né... Meu filho tem 10 meses e fica na escolinha desde os 5, em período integral. Infelizmente não tive muita escolha porque precisei voltar a trabalhar, não sou muito fã de babá e minha família mora em outra cidade... Mas o Bento se adaptou muito bem, adora a escola.
Claro que a exposição a vírus e bactérias aumenta, o que consequentemente traz mais doencinhas... mas as crianças se desenvolvem muito bem.
Linkei seu blog no meu tá?
E se quiser conhecer o Bento, passa lá...
http://maedobento.blogspot.com/
um beijo!

Lia disse...

Ai, Rê, que maravilha! Essa de você se esconder atrás da árvore foi demais!
Tô olhando aí do lado sua timeline e faltam menos de dois meses pra Marianinha chegar... que emoção, hem?

Fabi disse...

O meu comentário não é sobre o post, é sobre o seu calendário da gestação:

Meu Deus, 33 semanas já?

Parece que foi ontem que eu li que vc estava grávida...

Não tenho lido nada ultimamente, mas espero que esteja tudo bem com vocês!
Beijos

Thaís Rosa disse...

re, a adaptação do caio, nas duas vezes (e agora teremos a terceira...) foi super tranquila, no máximo 3 dias. como a roberta falou, tem dias que ele dá de malandro e não quer que eu vá embora, e tals, mas bastou a tia chamar pra fazer algo bacana que ele já me esquece... fazer o que, né? rsrs
sinal que eles são crianças seguras, estão prontos pra esta nova fase.
fica tranquila!
beijoca (tô bege de saber que já tá na semana 33.... afeeeeeeeeeeeeee)

Márcia Haydée disse...

Querida, que bom que deu tudo certo. Ele vai tirar de letra e a cada dia estará mais esperto, pode apostar. A Nandinha se adaptou rápido demais, no 3º dia eu já não apareci e ela ficou numa boa. E agora, depois de um tempão longe da escola, estava tão doida pra voltar que no 1º dia foi direto toda animada. Pode ser que algum dia ou outro a saudade aperte, mas é natural. Ele já mostrou que está prontinho pra enfrentar o mundo dos pequenos sem a mamãe, será um sucesso. Parabéns pra vocês.
Estou com 36 semanas... falta tão pouco... quero muito ver a carinha da Nandinha quando a Jujuba estiver em casa... vou contar tudo lá no blog.
Mil beijos pra vocês todos aí, família linda!

Elise Machado disse...

Rê, nem deu tempo de dar opinião, mas que bom que vcs acharam a solução logo! Memée começou à tarde tb, e na verdade só passou pra manhã depois do CA. Realmente dá peninha tirar eles da cama cedinho.

Memée demorou 1 semana na adaptação, mas era menorzinha que ele. Tb não chorou. E eu, igual a vc - a gente sente mais do que eles!

Fica fria, que criança que vai à escolinha cedo desenvolve ultra rápido e fica logo safa.
Beijas pra todos. Inclusive na barriga!