segunda-feira, setembro 28, 2009


Febre...

Febre alta...
Bebê sonolento e jururu...

Volto assim que tudo melhorar!

Nessas horas eu só agradeço por poder ficar com ele o dia todo. Não consigo nem imaginar como deve ser agoniante ter que sair pra trabalhar nos dias em que os pequenos não estão bem!

Espero que melhore logo...amanhã cedo tenho consulta médica e depois atualizo. Enquanto isso, muito pensamento positivo pro pequeno, tá?

beijos
21

quarta-feira, setembro 23, 2009


Aniversário

Eu gosto de Nescau, ele gosta de Toddy
Eu gosto de chá, ele gosta de café
Eu gosto de requeijão, ele gosta de manteiga
Eu gosto de MPB, ele gosta de rock
Eu gosto do recheio, ele gosta da massa
Eu gosto de biografias, ele gosta de ficção
Eu gosto de chocolate, ele gosta de sorvete
Eu gosto do dia, ele gosta da noite
Eu gosto do inverno, ele gosta da primavera
Eu gosto do molinho do quindim, ele gosta do côco
Eu gosto de praticidade, ele gosta de perfeição
Eu gostaria de saber cantar, ele gostaria de saber tocar
Eu gosto de carro, ele gosta de moto
Eu gosto de filme de amor, ele gosta de aventura
Eu gosto de programação, ele gosta do inesperado
Eu gosto de falar o que sinto, ele gosta de sentir pra ele mesmo
Eu gosto dele, ele gosta de mim
E a gente se completa, se entende e se admira!

Hoje é aniversário dele - eu adoro festa e muita gente por perto, e ele prefere uma comemoração pequenininha ou nenhuma comemoração.
Meu amor, PARABÉNS! Sou muito feliz pela família linda que temos e que em breve vai ficar ainda mais linda e sou muito, muito, muito feliz por ter você ao meu lado - o marido mais lindo e mais carinhoso do mundo inteirinho.
Eu, o feijão e o massaroca te amamos mais que tudo nessa vida!
FELIZ ANIVERSÁRIO!
20

quarta-feira, setembro 16, 2009


coração do feijão

Ei, feijão...
É tudo mentira quando dizem que na segunda gestação a gente nem se emociona mais...
É tudo mentira quando dizem que a gente nem liga mais pro ultrassom, que tudo é comum e banal. Nada disso!!
Ontem eu ouvi seu coraçãozinho pela primeira vez e eu chorei. Aquele era o som mais lindo do mundo inteiro e mais, era a certeza de que está tudo bem aí com você, que você está se desenvolvendo direitinho e bem quentinho aí dentro. Nessa hora passou todo aquele medo que eu estou sentindo de não dar conta do recado e não conseguir ser uma boa mãe pra você e pra seu irmão, porque nessa hora eu tive a certeza de que sim, eu vou ser uma mãe incrível pra você, vou ser a melhor de todas!!!
E meu maior desejo é que você e seu irmão sejam muito amigos, que se entendam, se protejam, se defendam e até que se unam contra mim (rsrsrs!). Meu maior sonho é que vocês cresçam juntos e sejam companheiros pela vida toda.
Agora eu já estou aqui, contando os dias pra ver o seu rostinho, olhar bem dentro dos seus olhinhos (que vão ser lindos, certeza) e dizer o quanto eu amo você, o quanto você é querido, desejado e amado!!!
Bebezinho lindo, por enquanto fique aí bem quentinho. Aproveite o balancinho e cresça bastante, engorde um bocadinho e me chute bastante que eu adoro, tá? Eu aqui de fora vou te contando tudo, contando como são as coisas, contando quais os nomes eu e seu pai estamos escolhendo pra você, como imaginamos a nossa vida depois que você chegar e mais um monte de coisas! De vez em quando você vai ouvir umas musiquinhas que a gente canta pro seu irmão dormir, mas é pra você também, viu? Pra você já ir se acostumando com a voz da mamãe e do papai!!!
Te amo muito, seu feijãozinho lindo!
Mãezinha

* claro que pode ser uma "feijãzinha" tb, mas escrevi o texto dirigido ao bebê, pra facilitar!
25

domingo, setembro 13, 2009


Brigadeiro


Meu primeiro brigadeiro eu ganhei da Alice e o segundo eu ganhei do meu amigão Felipe!
Tava boooooooooooom!!!!!

** André gostaria de esclarecer à Nina que a Alice deu o brigadeiro, ele agradeceu gentilmente e nada mais houve entre os dois....rsrsrsrs!
13

quarta-feira, setembro 09, 2009


Impressões sobre a segunda gestação!

Eu to achando essa gravidez bem diferente da primeira, em todos os sentidos.
Fisicamente eu também não estou tendo nenhum mal estar, nem enjôo, nem azia, nem cólicas, nem nada...só estou com o paladar alteradíssimo. Não consigo gostar de nada, nada é apetitoso, nem saboroso. Eu acho tudo sem graça, sem gosto de nada e depois de uma garfada não tenho mais vontade de comer.
Logo eu que amo comer! Eu sinto fome, mas aí começo a comer e me dá um eca e não quero comer mais. Não sinto enjôo, mas não tenho mais vontade e a fome passa na hora. Bizarro!

E além da parte física, to achando tudo diferente...a primeira gestação gera a maior comoção na família, todo mundo fica animadíssimo, querem saber de tudo, como eu estou, como está o bebê, o que a médica disse, quantos centímetros ele tem, quanto pesa, quando vai ser o próximo ultrassom. Todo mundo quer acariciar a barriga, manda beijos pro bebê, fala pra mãe descansar...enfim, uma série de mimos e recomendações.
Na segunda gestação...NINGUÉM FALA NADA! HAHAHAHA

As pessoas mal lembram que eu estou grávida, não perguntam sobre ultrassom, nem sobre o bebê, nem nada...às vezes alguém lembra de perguntar se já temos nomes ou se já sabemos o sexo, mas só...

E eu que reclamava tanto dos conselhos e palpites e das milhões de recomendações que todo mundo insiste em dar na primeira vez, agora tô carente de perguntas...hahaha. (brincadeira, não to carente nãoooooooooooooo!!!!!! Aliás tô adorando que dessa vez as pessoas ainda não começaram a colocar a mão na minha barriga, como da outra vez aqui!!!)
24