domingo, fevereiro 01, 2009


Meu amor!

Certeza que eu não amava tanto o André quando ele nasceu...agora eu amo muito mais. Tenho que me segurar pra não apertar, amassar, esmagar, esmigalhar!! Cada dia ele aprende uma coisinha nova, e eu não to aguentando. Agora ele aprendeu a fazer "tosse falsa". Eu falo: "filho, vc tá com tosse??" e ele faz: "cof, cof"...hahaha
Lindo!

E eu também nunca fui tão amada na vida. Ele olha pra mim com tanto amor e estica os bracinhos pedindo pra vir no meu colo...nem dá pra explicar como é delicioso sentir o quanto esse molequinho me ama.

Tô boba hoje...já chorei umas dez vezes. Uma delas quando vi uma menininha de uns 8 anos no parque aprendendo a andar de bicicleta...ela conseguiu fazer uma curva sozinha e os pais dela comemoraram, bateram palmas e eu desandei a chorar. E depois em casa, quando o André me olhou com aquela carinha linda, pegou o meu rosto com as duas mãozinhas e deu o maior sorrisão...chorei de novo. Me senti tão feliz, tão querida...

Tem horas que a gente esquece todos os problemas, né? Bom demais isso!
11

11 comentários:

Cinthya Rachel disse...

eu sou muito parecida com vc, eu choro ate em comercial de margarina. mas sentir esse amor deve ser muito especial!

Ice Ice Baby disse...

acho tão bonito, sincero e corajoso o fato de vc admitir q o amor foi nascendo, crescendo e aumentando com o tempo....isso é tão sincero q me comove de verdade.
acho bonito uma mãe admitir q o sentimento mudou..q não era assim desde o primeiro segundo de vida dele...acho q isso alivia a culpa das mães q acham q tem q amar loucamente desde a concepção já...

bjs chuchu mãe e chuchu baby!

Thaís Rosa disse...

que delícia né Renata, esse amor sem tamanho! caio já não me aguenta mais beijando, apertando, abraçando... é mto bom mesmo! E essa sensibilidade de mãe é foda mesmo... "qualquer beijo de novela me faz chorar..."
bjs

Ice Ice Baby disse...

Chuchu, I'm back!

http://nonewsatall.blogspot.com/2009/02/ser-e-estar.html

Bjs!

Renata R. disse...

:´)

Eu chorei te lendo, Rê.

Mari disse...

verdade verdadeirissima! a coisa só aumenta, tem uma hora que a gente pensa: bom, agora deu, o amor tá no auge e não tem mais pra onde crescer. e ele cresce mais e mais, sei lá como...
a alice também fingia tosse, que incrivel! nós e nossas coincidências bizarras...
beijos pros dois "enamorados"!

João o Astronauta disse...

Lindo!!

é por tudo isso que concordo com Cazuza:

- Só as mães são felizes!!

Beijos. Flavia

Pati Piva_Vida nova no velho mundo disse...

ai Re, que vontade de apertar tanto o André!
como assim ele faz cof cof??
resolvido, vamos almoçar juntas semana que vem que estarei de "férias"hehehe?
bjs

Pati Piva_Vida nova no velho mundo disse...

ok Re, vou fazer uma lista! farei isto na quinta feira, qdo não estiver mais trabalhado
eu estou pensando mais nos badulaques que quero levar (coisinhas de decoração da casa que não pesam, toalhinhas de renda, ipod..e minha máquina de café!!) até que já começa uma lista! heheh
bjs!

Titi disse...

Oi Rê.
Lindeza esse Menino André hein?
As coisas ficarão cada vez mais emocionantes.
Eles vão entendendo tudo, e os sentimentos antes em gestos ficam cada vez mais verbalizados e reais.
Augusto ,meu filhote, pega meu rosto entre suas mãozinhas e fala: minha pricesinha...fala se não é de chorar?
Eu e meu marido, ficamos mais apaixonados por ele a cada dia que passa.
Bjcas.

Andréa Ramos disse...

Que lindo Rê.
Chorei tbm.
Me fez voltar no tempo e sentir de novo o momento
Um dia eles tbm me amaram assim.Que bom que vc me fez lembrar disso.
Obrigada minha querida.
Vou ao médico agora.
Depois te conto.
Beijos